Proxxima
Meio & Mensagem

ProXXIma cobra resultados do digital. Ele entrega?

Buscar

Blog do Pyr

Publicidade

ProXXIma cobra resultados do digital. Ele entrega?

Este ano o papo é direto e reto: negócios. Traremos cases, números, exemplos práticos, modelos comprovados, troca de ideias de como transformar inovação e tecnologia em resultados de verdade para as companhias.

6 de abril de 2017 - 9h31

O evento ProXXIma deste ano vai levar ao palco vários temas, que na verdade serão um só: negócios.

Sob o conceito de Business First, teremos mais de 50 palestrantes no encontro e nenhum deles vai deixar o palco sem ter entregue algum aspecto de negócio para nossa indústria. Se não entregar é porque rompeu o compromisso assumido conosco, os organizadores, já vou entregando logo.

Teremos menos gringos nesta edição. Chegamos a ter 10 em mais de uma edição em anos passados, mas este ano teremos três ou quatro. Serão três ou quatro legais, claro, mas como vamos falar do nosso umbigo, decidimos priorizar quem está fazendo e entregando aqui mesmo, no País da Lava-Jato.

Faz tempo o marketing digital fala de si mesmo como poderosa ferramenta de inovação. E de resultados. Pois bem, sobre inovação o ProXXIma já falou muito e seguirá falando sempre, ok. Mas agora chegou a hora de mostrar aos presentes no evento e a todo o mercado, através da cobertura que faremos nas plataformas editoriais do Grupo Meio & Mensagem, o que ele tem para entregar no âmbito dos resultados que mexam de verdade o ponteiro da última linha das companhias.

Entre os temas que abordaremos, estão o que você pode ver abaixo. Mais pra frente a gente conta um pouco mais. Mas olha, melhor fazer logo sua inscrição, porque de agora em diante o bicho pega e temos vagas limitadas.

CONSULTORIA VIRA AGÊNCIA. AGÊNCIA VIRA CONSULTORIA. VIROU ZONA?

Todos estamos acompanhando a invasão das consultorias no mundo das agências e do marketing em geral. Cada qual tem sua opinião sobre esse tema. Pois vamos discutir vários ângulos dessa questão no palco do ProXXIma. Com alguns importantes protagonistas dessa história.

PROGRAMÁTICA, UM CASO DE POUCO VERGONHA?

Todos acompanhamos os casos no mínimo chocantes revelados recentemente de verbas dos anunciantes por uma parte evidentemente podre do ecossistema de mídia programática no Brasil e em todo o mundo. Vamos tirar isso a limpo.

DRONES, ROBÔS, REALIDADE AUMENTADA E REALIDADE VIRTUAL: COMOS CRIAR CASES DE RESULTADO USANDO ESSAS COISAS?

Essas coisas todas estão agora a serviço dos criativos e, com elas, eles podem ser ainda mais criativos e gerar ainda mais resultados para seus clientes. Mas eles estão fazendo isso? Vamos ver como?

COM A PALAVRA, OS GRANDES PLAYERS GLOBAIS

Não existe a internet do Brasil, existe a internet, que não é de País nenhum, mas do mundo todo. E no mundo todo, há os grandes players que conhecemos dominando o mercado: Google, Facebook e Twitter. Muitos fatos quentes recentes e os avanços tecnológicos de sempre serão tema desse debate, que vai encerrar o ProXXIma 2017.

McDONALD´S E SEU CARDÁPIO INTEGRANDO ON E OFF

A maior rede de restaurantes do mundo vem construindo memoráveis cases de integração on e off. É um exemplo indiscutível de como a comunicação pode usar várias plataformas e que tudo contribui para o melhor resultado da marca.

DATA DRIVEN MARKETING: COMO USAR NA PRÁTICA?

Dados hoje são responsáveis pela precisão na pontaria da comunicação digital, com uma acuracidade jamais vista. Só que não é nada fácil lidar com dados e retirar deles insights e resultados. Vamos ver como fazer isso na prática.

OLIVER, A AGÊNCIA QUE CRIA AGÊNCIAS

O modelo desses ingleses é totalmente inovador. Eles criam in-house agencies para seus clientes. E gerenciam todas. São já 70 espalhadas pelo mundo atendendo grandes clientes globais como Unilever, BMW e outros. Conheça o criador do modelo e o que ele tem a dizer sobre novos modelos de agências e como seguir rentabilizado este negócio.

MARKETING E INOVAÇÃO JUNTOS COM TECNOLOGIA: MAS COMO ISSO FUNCIONA?

Sabemos que cada dia mais essas duas áreas precisam uma da outra para fazerem as grandes conquistas de inovação e disrupção que as companhias precisam. Só que de um modo geral, por serem de mundos costumeiramente muito distantes, na maior parte das empresas o diálogo entre elas é travado. Não é o caso da Natura e vamos ver que repercussão nos negócios da empresa essa união de marketing com tecnologia está gerando.

 

Compartilhe

  • Temas

  • McDonalds

  • consultorias

  • Data Driven Marketing

  • drones

  • Inegração On/Off

  • Marketing Digital

  • Mídia programática

  • robôs

Publicidade