Proxxima
Meio & Mensagem

Maconha e marketing: o próximo grande barato.

Buscar

Blog do Pyr

Publicidade

Maconha e marketing: o próximo grande barato.

Canabis está deixando empresários e marqueteiros doidões. Porque é um mercado que cresce mais que mato e se profissionaliza a olhos (vermelhos) vistos. Campanha de rede especilizada mostra onde o barato pode chegar.

9 de abril de 2018 - 8h00

Quem teve o privilégio de fumar maconha nos anos 70… ooops … quem teve o privilégio de viver nos anos 70, deve lembrar de uma brilhante campanha que ganhou uma porrada de prêmios da Revista Rolling Stone, cuja pegada era “Perception & Reallity”.

O raciocínio era assim … todo mundo achava que quem lia a revista, focada em Rock & Roll, era um bando de maconheiros desocupados, que esquecia o nome ao sair da sala e ir até a geladeira aplacar a larica.

Essa era a percepção.

Só que a campanha mostrava que a realidade era bem outra e que os leitores da revista eram jovens muito bem empregados, liberais, com um alto padrão de consumo. Portanto, target perfeito para centenas e centenas de produtos.

Veja algumas peças geniais …

A campanha foi um sucesso e a revista decolou em vendas de anúncios depois dela.

Pois a rede de lojas de canabis MedMen está investindo US$2 milhões em sua campanha “Forget Stoner”, que ataca o clichê do chapadão (stoner) e mostra que não é porque as pessoas fumam maconha que deixam de ser consumidores normais de todas as coisas. Aliás, que SÃO pessoas normais, com empregos normais e consumidoras de todas as coisas.

Na linha da Rolling Stone, a marca vai inclusive lançar sua própria revista.

Veja aqui matéria da AdWeek sobre a estratégia, o mercado e a sacada criativa da MedMen.

 

 

 

 

Compartilhe

Publicidade