Proxxima
Meio & Mensagem

Em 2017, 68 milhões de brasileiros foram vítimas de crimes cibernéticos

Buscar

How To

Publicidade

Em 2017, 68 milhões de brasileiros foram vítimas de crimes cibernéticos

Relatório Norton Cyber Security e DFNDR Lab divulgam dados sobre as vítimas e o meio mais comuns dos ataques

6 de fevereiro de 2018 - 16h14

Nesta terça-feira, 6, em decorrência do Dia da Internet Segura, a Infobase Interativa divulgou um infográfico sobre os casos de cibercrimes no Brasil. Nele, está constatado que, em 2017, 68 milhões de brasileiros foram vítimas de crimes cibernéticos. Segundo os dados do Relatório Norton Cyber Security Insights, o Brasil é o segundo país que foi mais prejudicado financeiramente pelos ataques. Os millennials são os mais atacados.

O meio mais utilizado por hackers para aplicar golpes cibernéticos, segundo o Relatório de Segurança Digital, produzido pelo DFNDR Lab, é o WhatsApp. Cerca de 44 milhões de casos foram identificados no aplicativo entre outubro e dezembro 2017. Esse tipo de abordagem via aplicativo de mensagem representa 67,3% do total. A publicidade suspeita é o segundo tipo mais utilizado (9,8%), seguido por phishing bancário (6,9%), phishing de serviços falsos (4,2%) e notícias e SMS falsos (4%). O relatório prevê que, para este ano, cresça o número de golpes bancários via aplicativo de troca de mensagens.

Confira mais informações no infográfico abaixo:

 

(Crédito: Divulgação)

Compartilhe

  • Temas

  • ameaças

  • ataques

  • DFNDR Lab

  • Dia da Internet Segura

  • Infobase Interativa

  • internet

  • Relatório de Segurança Digital

  • whatsapp

Publicidade