Proxxima
Meio & Mensagem

A importância do marketing de conteúdo para revendas e integradores

Buscar

Notícias

Publicidade

A importância do marketing de conteúdo para revendas e integradores

O foco principal do content marketing é conseguir reter o interesse de sua audiência através de um conteúdo relevante

Meio & Mensagem
18 de abril de 2016 - 19h11

content-marketing

por Eric Beraldo (*)

No final de 2015 tive a oportunidade de assistir um webinar de Trent Dyrsmid, fundador da Groove Digital Marketing, uma agência especializada em marketing de conteúdo. Seu discurso inicial foi “Ninguém acorda de manhã e pensa: espero que hoje eu receba muitos spams!”

O senhor Trent está certo, conseguir a atenção das pessoas nunca foi tão difícil, e os e-mails marketing – que uma vez foram os grandes responsáveis por trazer novos negócios, principalmente para o B2B – não funcionam mais como no passado. Hoje tudo está mudando para o inbound marketing ou marketing de conteúdo, que sem dúvida vem se tornando a melhor forma de alcançar prospects qualificados, de uma maneira mais personalizada.

Antes de abordar qualquer prospect, seja por email, telefone ou por meio de mídias sociais, você deve sempre se perguntar: o que eu tenho de interessante para oferecer? A grande verdade é que o marketing de conteúdo tem pouco haver com a marca em particular ou produto, e foco principal é conseguir reter o interesse de sua audiência (prospects) através de um conteúdo relevante.

Como foi dito por Trent Dyrsmid durante o webinar, basta apenas um clique para seu prospect se descadastrar de uma lista ou mesmo deixar de segui-lo nas redes sociais, se por acaso você tentar ludibriá-lo com um conteúdo sem sentido ou inútil.

Precisamos entender algo muito importante quando falamos de marketing de conteúdo, que é a diferença entre essa estratégia e os anúncios convencionais. Vou usar algumas palavras que Trent disse durante sua apresentação: “Ao usar anúncios para conseguir a atenção de seus leads, você está apenas “alugando” a atenção de sua audiência, ao invés disso, você deve pensar em manter o interesse com ações a longo prazo. Anúncios são temporários, quando você para de pagar o ‘aluguel’, você também deixa de conseguir a atenção de sua audiência, e isso não é uma boa estratégia a longo prazo”.

O marketing de conteúdo foi criado para nutrir os prospects durante um tempo, através da oferta de um conteúdo valioso que possa responder suas principais perguntas, deixando a audiência mais próxima da marca. Esse tipo de conteúdo serve para adotar um relacionamento a longo prazo e aumentar a confiança na marca. É importante lembrar que a confiança é o mais importante quando falamos de uma relação B2B, especialmente devido a complexidade do processo de compra, que pode levar meses até concretizar uma venda.

Caso você realmente queira trabalhar com o marketing de conteúdo, você tem que ter em mente que seu principal objetivo é trazer pessoas para seu site, oferecendo um conteúdo que vá diretamente de acordo com seus interesses e necessidades. Você pode entregar esse conteúdo de várias formas, seja por webinars, posts no blog da empresa, mídias sociais, etc. Independente do meio que você for utilizar, o importante é que seu conteúdo sempre tenha um call-to-action, por exemplo, caso você esteja trabalhando um conteúdo sobre câmeras de segurança, o importante é que em algum momento você pontue que sua empresa possui aquela solução, dessa forma, você levantou uma necessidade ou uma tendência e ao mesmo tempo se colocou como um fornecedor daquela determinada solução. Não esqueça de levar em consideração um aspecto muito importante: o fato de que o marketing de conteúdo não é focado em produto, mas sim na necessidade do cliente.

(*) Eric Beraldo é gerente de marketing da Axyon Distribuidora

Compartilhe

Publicidade
  • Marcio Antunes

    Muito bom artigo.