Proxxima
Meio & Mensagem

Uma prévia da CES 2017

Buscar

Notícias

Publicidade

Uma prévia da CES 2017

Internet das Coisas, inteligência artificial, casas e cidades inteligentes, além de automóveis altamente tecnológicos são algumas das novidades da CES 2017

4 de janeiro de 2017 - 15h55

Natasha Castro (*)

Está abrindo para o púbico amanhã, 5 de Janeiro, o maior evento de tecnologia de bens de consumo do globo, aqui em Las Vegas.

Para os interessados em novidades o maior  “parquinho de diversões” , O CES – Consumer Electronic Show, reune nesta sua 50a edição 170 mil visitantes,  de 81% dos países do mundo. O Brasil esta entre os 17 maiores curiosos .

Vi várias surpresas boas ontem,  conversando com alguns expositores e organizadores da feira . O universo das startups está invadindo os canais de distribuição das grandes empresas de saúde, segurança, jogos, conectividade, automóveis, estilo de vida, conteúdo, entretenimento, entre várias outras , democratizando e digitalizando nossas vidas em velocidade exponencial.

Entre as novidades de 2017, está o aumento de presença das montadoras automotivas, mostrando  ferramentas de automação. BMW, Chrysler,  Ford, Hyundai, Honda, Mercedes, Nissan, Toyota, e Volkswagen devem brigar forte pela atenção do consumidor. Self driving promote self commodity.

Novidade tambem é a ciração do espaço de beleza com lançamento de escovas de cabelo que “diagnosticam” a saúde do cabelo e escovas de dentes que indica a qualidade da escovação bucal pelo celular. A Loreal promete sair na frente nas novidades tecnológicas nessa área de beleza.

Outra indústria que está debutando por aqui é a de viagem com a estreia da Carnival Cruise prometendo lançamentos para revolucionar a forma com que interagimos com planejamento e compra de produtos de viagens e férias.

Samsung e LG devem mudar a forma como interagimos com o ambiente familiar e de trabalho, com nossas casas e  cidades, todas mais inteligentes, investindo alto em wearables e Internet of Things. São os maiores stands e também a maior quantidade de keynotes da feira.

Alguns dos lancamentos antecipados que  devem facilitar nossa rotina cheia de senhas e logins que esquecemos a toda hora são os aparelhos que cruzam nossas medidas biométricas, temperatura, velocidade e firmeza dos passos com nuances de voz para destravar a conta do banco ou laptop, que hoje já esta sendo utilizado pela, Capital One. O Uber e o Google Drive prometem novidades nessa área também.

A Alexa do Amazon e o Google Home , inteligência artificial ativados por voz são grandes estrelas e vão apresentar mais de 200 aparelhos que podem controlar nossas casas.

Informação interessante também é que  hoje,  de 40% a 50% dos produtos comprados por uma família norte-americana podem ser reabastecidos automaticamente. Os sensores indicam que o sabão em pó ou a água da geladeira estão acabando e, automaticamente, pedem pelo Amazon ou outro sistema de distribuição e chagam na casa do consumidor sem interação humana. Mercado de 25 bilhões em 2016, prevendo 10 bilhões de aumento para 2020.

São 20 mil lançamentos prometidos para os 4 próximos dias, que vão de novas utilizações de drones para segurança patrimonial, a novidades em realidade virtual e inteligencia artificial em saúde, bem estar e entretenimento.

Pelo que entendi, em futuro proximo poderemos escolher se queremos uma vida em tempo real ou “on demand” . Algo que fascina e assusta, não é? Uma super oportunidade para os brasileiros usarem a sua criatividade nata, somar algorítimos e reinventar o mundo. Afinal, 20% das 3800 empresas presentes este ano funcionavam nas garagens das casas dos fundadores ha 3 anos .

Legal, não?

(*) Natasha Castro é sócia e CEO da Wish! E nossa espiã na CES 2017.

Compartilhe

  • Temas

  • Google

  • LG

  • LOreal

  • Samsung

  • Uber

  • AUTOMÓVEIS

  • CELULARES

  • cidades inteligentes

  • inteligência artificial

  • Internet das Coisas

  • wearables

Publicidade