Proxxima
Meio & Mensagem

Propulse chega ao Brasil com Inteligência Artificial para e-commerce

Buscar

Notícias

Publicidade

Propulse chega ao Brasil com Inteligência Artificial para e-commerce

A plataforma oferece ao potencial comprador produtos de acordo com seu perfil, a partrir de redes neurais de gestão de comportamento.

7 de março de 2017 - 6h47

Quando se fala em compra online, extensas listas de produtos e recomendações de itens que já foram adquiridos são alguns dos fatores que podem deixar os consumidores frustrados e, muitas vezes, sem nenhuma mercadoria no carrinho virtual. Reverter esse quadro é justamente o objetivo da Propulse, ferramenta de previsão de compras para e-commerce que acaba de chegar ao Brasil.

Fundada por Eric Brassard, ex-executivo da famosa loja Saks de Nova Iorque, a solução omnichannel – que pode integrar as vendas em vários canais e dispositivos – fornece aos varejistas recursos adequados para apresentar aos clientes itens que atendam melhor às suas necessidades e que ainda não foram comprados. Assim como os vendedores das lojas físicas oferecem experiências personalizadas com base no estilo de cada pessoa, a Propulse realiza esse processo online pelo varejista e apresenta aos compradores os produtos mais próximos ao que eles desejam.

A Propulse conta com uma equipe de alto nível, composta por especialistas em física computacional, matemática e engenharia, utilizando inteligência artificial, aprendizagem profunda (deep learning) e tecnologia de análise de imagem para recriar a experiência de compras off-line nos canais online, sem precisar de nenhum dado pessoal. Dessa maneira, busca se aproximar em alguns pontos da cognição humana, por meio de uma rede neural.

De acordo com uma pesquisa recente realizada pela revista Adweek, hoje as pessoas anseiam por uma experiência altamente personalizada que imita compras off-line. O estudo revela que 87% dos consumidores têm suas decisões de compra influenciadas pelos atendentes quando estão dentro de uma loja. Em contraste, mais da metade sente falta de um serviço similar no ambiente online.

A marca de vestuário Frank + Oak, que estreou o serviço no Canadá, já registrou retorno de investimento com a utilização da plataforma. A conversão aumentou 2,5 vezes com a percepção da volta dos clientes para novas compras, atendendo ao objetivo de apresentar novos itens que combinam com o que eles selecionaram.

“Quando olhamos para as empresas que atualmente tentam customizar as experiências de compras online, não podemos deixar de notar uma enorme lacuna entre ‘personalização’ e ‘recomendação’”, comenta Eric Brassard, CEO da Propulse. “As ferramentas de recomendação atualmente não funcionam bem por não serem um verdadeiro reflexo dos hábitos de compra do consumidor. Com a Propulse, estamos fornecendo aos lojistas uma nova abordagem multinível à customização. Desenvolvemos uma ‘Rede Neural de Caminho de Compra’ (tradução livre para Purchase Path Neural Network) que realmente recria a experiência de compras na loja online”, explica.
Como funciona

A Propulse recomenda produtos usando seu mecanismo de reconhecimento de imagem, denominado “Rede Neural de Caminho de Compra”. Este novo algoritmo recria a experiência de compras off-line no ambiente online e se adapta às preferências do consumidor ao longo do tempo – ajudando na personalização com a descoberta de produtos para os compradores.

A aprendizagem profunda atual não pode contar com as nuances do gosto pessoal. Mas a Propulse analisa milhares de variáveis simultaneamente para cada imagem de produto a fim de determinar o que o cliente está procurando no momento, além de sugerir o que ele irá querer comprar depois.

Se um cliente recebe uma recomendação enquanto faz a compra no site da loja, mas o produto não está disponível no estoque, a Propulse registra essa interação entre cliente e produto numa espécie de inventário (Shadow Inventory), ajudando varejistas a entenderem o cenário para reduzir perdas em vendas.

“A Propulse tem todas as características para transformar o mundo da personalização de varejo, tanto online quanto na loja. Temos observado o quão fundamental é trazer essas melhorias e acreditamos na rápida necessidade dos varejistas em oferecer essa experiência aos compradores, para que se mantenham competitivos”, comenta José Henrique Guimarães, presidente da Propulse para América do Sul. Segundo o executivo, a implementação pode ser feita em até quatro semanas. 

Compartilhe

Publicidade