Proxxima
Meio & Mensagem

As marcas que venceram o Super Bowl 2019

Buscar

Notícias

Publicidade

As marcas que venceram o Super Bowl 2019

Monitoramento da Sprinklr revela a repercussão dos tweets sobre os comerciais veiculados durante o campeonato

ProXXIma
6 de fevereiro de 2019 - 8h03

Se há um campeonato onde as marcas podem aproveitar para serem vistas e lembradas, este é o Super Bowl. Em sua 53ª edição que aconteceu no último domingo, 3/2/19, a exposição passou dos 100 milhões de pessoas apenas pela transmissão na TV. Quando falamos em presença nas redes sociais, o número de interações no Twitter ultrapassou a audiência televisiva

 

Para entender a importância de acompanhar o que é dito na rede social pelos consumidores, a Sprinklr, plataforma social número 1 do mundo, monitorou e analisou a repercussão dos anúncios feitos durante o jogo, incluindo tanto aqueles direcionados à partida quanto os anúncios que levavam apenas a mensagem padrão da marca, sem estarem relacionados à transmissão. A coleta foi realizada no Twitter durante a partida. Veja abaixo as seis descobertas mais relevantes feitas pela plataforma:

 

  1. A Microsoft liderou 57% da participação de voz na maioria das conversas sobre anúncios direcionados à partida no Twitter. Com a mensagem “When everybody plays, we all win” (Quando todo mundo joga, todos nós ganhamos), o comercial da Microsoft apresentou crianças com deficiência que falam sobre como o novo Xbox Adaptive Controller da Microsoft as ajuda a jogar videogames.

 

A Verizon, Google, Budweiser e Bumble completam as top 5 marcas que veicularam anúncios direcionados ao jogo com mais menções no Twitter durante o jogo.

 

O anúncio da Verizon, apelidado de “The team that wouldn’t be here” (A equipe que não estaria aqui), presta homenagem aos socorristas que resgataram vários jogadores da NFL de lesões com risco de vida. O segundo anúncio do Google no Super Bowl mostrou como as ferramentas de pesquisa de emprego do Google podem ajudar os veteranos a encontrar trabalho. Já o anúncio da Budweiser mostrou que a empresa já está produzindo cerveja com 100% de eletricidade renovável a partir da energia eólica. E finalmente, o anúncio da Bumble apresentou Serena Williams e enviou uma mensagem forte sobre o empoderamento feminino com a hashtag #InHerCourt. Este foi o anúncio mais falado durante a primeira metade do Super Bowl e influenciou um dos Gifs mais retuitados da noite.

 

  1. Das empresas que veicularam um anúncio sem relação com a partida, Bud Light e Doritos foram as campeãs de comentários.

 

  1. Os anúncios direcionados ao jogo produziram um sentimento consistentemente positivo, com 87,6% dos tweets falando bem deles, um efeito melhor em comparação aos 74% dos anúncios não direcionados.

 

  1. Levando em consideração todos os anúncios do Super Bowl, a Bud Light foi a marca mais falada, dominando 32% da conversa. Adicionando um toque cômico à campanha “Dilly Dilly”, de tema medieval da Bud Light, uma série de comerciais destacou o fato de que a empresa não usa xarope de milho em sua cerveja. O sucesso da campanha se deve, também, à parceria com a série Game of Thrones. Além do Bud Light, os cinco anúncios não direcionados mais foram lançados pela Doritos, Pepsi, Avocados from Mexico e Hyundai.

 

  1. As mulheres dominaram os tweets durante o Super Bowl. 52% dos posts sobre anúncios foram feito por elas, o que apoia a ideia do movimento 3%, uma empresa fundada para promover o papel das mulheres na liderança criativa em agências de publicidade, apoiado pela Sprinklr, de que as mulheres não apenas assistem de maneira igual o campeonato, mas também compram e compartilham socialmente em maior número do que os homens.

 

  1. Os três principais comerciais com as menções mais positivas no Twitter foram Microsoft, Avocados from México e Bud Light. O anúncio #WeAllWin da Microsoft teve o maior sentimento positivo no Twitter dentre todos os comerciais, com quase o dobro do volume de Tweets positivos do que o segundo colocado – Avocados from México.

 

  1. A bola de futebol americano , a TV e o coração amarelo foram os emojis mais usados, ocupando os três primeiros lugares. Já as hashtags mais utilizadas foram #sblIII, #superbowl e #superbowlliii.

 

Compartilhe

  • Temas

  • Super Bowl

  • Midia digital

  • mídia social

Publicidade