Meio & Mensagem

Terra fica com Vivo?

Buscar
Publicidade

1 de julho de 2017 - 7h33

A especulação é  forte de que isso aconteça, ou seja, de que finalmente Telefonica integre de vez sua operação de conteúdo web com sua área-mãe e sigam felizes para sempre. (Quer dizer, estariam assim mais prontos para combater bichos efetivamente grandes como Google e Facebook e Oath, resultante do merge Verizon+AOL+Yahoo!, na linha do que seria o bicho Vivo/Terra.)

Terra foi emblemático. Chegou a ser um dos maiores portais do mundo nos anos 2000 e durante anos o grande portal da América Latina (UOL brigava em audiência por seu domínio no Brasil, mas mesmo que tenha tentado, não chegou a ocupar de fato espaço de relevância em negócios no Continente).

Fechou ontem suas operações na Espanha, onde nasceu, além de suas posições nos EUA e cinco países latinos, a saber, Argentina, Chile, Colombia, México e Perú. Mas a verdade é que o Brasil representa faz tempo mais de 90% da receita do portal, sendo no total algo entre R$300 MM e R$ 400 MM, estimam analistas de mercado.

Operações de infra-estrutura que sempre tiveram a ver com Telefonica, como host para pequenas e médias empresas e serviços móveis devem de alguma forma serem mantidos.

Oficialmente a partir de hoje nos países que citei acima o portal deverá parar de funcionar, embora esteja ainda no ar nesta manhã de sábado, quando escrevo esta nota.

Foram 18 anos  de história. Depois de Yahoo! e AOL, mais um da primeira fase da internet mundial que vai embora.

 

Publicidade

Compartilhe

Veja também