Proxxima
Meio & Mensagem

Ranking mostra comportamento de mulheres e homens nas redes sociais

Buscar

Blog do Pyr

Publicidade

Ranking mostra comportamento de mulheres e homens nas redes sociais

Veja nesta análise de nosso colunista especializado em marketing digital e mídias sociais Rafael Kiso, da mLabs, análise de comportamento e venda de homens e mulheres diante dos influencers digitais.

21 de agosto de 2019 - 10h23

Por Rafael Kiso (*)
Esse ranking mostra as principais diferenças entre homens e mulheres em relação ao hábito de seguir influenciadores digitais.
Em geral, há somente algumas categorias nas quais não se diferenciam homens e mulheres. São elas:
56% Música
43% Entretenimento e Cultura
32% Educação
13% Meio Ambiente e Sustentabilidade
Apesar desse ranking, as categorias que geraram mais vendas de produtos através de influenciadores digitais são:
Mulheres:
Beleza e Perfumaria 🔹
Alimentos e Bebidas
Moda
Filmes e Séries
Livros
Celulares
Música
Homens:
Celulares
Games
Filmes e Séries
Alimentos e Bebidas
Música
Livros
Lembrando que 86% da população da pesquisa já descobriu um produto por meio de influenciador. E, 73% já comprou algum produto ou serviço por indicação de um influenciador.
Os jovens até 19 anos e a Classe C são os menos suscetíveis à influência na compra de produtos e serviços.
Não necessariamente os segmentos que tem maior número de influenciadores são os que geram uma maior venda de produtos.
Categorias com um público de seguidores mais velhos de classe mais alta e de maior poder de compra acabam comprando mais produtos e serviços.
No alternative text description for this image
No alternative text description for this image

(*) Rafael Kiso é fundador e CMO da mLabs, plataforma de gestão de mídias sociais para PME.

Compartilhe

Publicidade