Proxxima
Meio & Mensagem

Cresce número de vazamentos de dados e multas no Brasil

Buscar

Blog do Pyr

Publicidade

Cresce número de vazamentos de dados e multas no Brasil

Um levantamento preliminar inclui, democraticamente, tanto empresas privadas e órgãos públicos, e são elas: Ypê, Telefonica/Vivo, Netshoes, Bacen, Apple, Google, INSS, Banco Inter e agora Hering.

5 de setembro de 2019 - 7h48

Abaixo, links para matérias e análises da imprensa, do M&M e da consultoria Guardians sobre alguns dos casos até agora registrados.

O mais recente é o da HERING

APPLE E GOOGLE

INSS

Enquanto isso, na Europa … apesar da inhaca em que os europeus estão metidos em função das indecisões sobre o Brexit e os efeitos colaterais desse entrave não só fortemente na economia britânica já, como também em ondas que se reverberam e se expandem por todo o Continente, tornando as economias mais frágeis, não há mostras de que a pegação no pé das empresas de tecnologia dos EUA, principalmente, deva diminuir daqui para a frente.

Poderiamos, hipoteticamante, esperar e supor que a Comunidade Européia, face a esses seus problemas internos, pudesse dar uma segurada na peteca e arrefecer a vigilância das grandes companhias de tecnologia norte-americanas que, ao final do dia, são geradoras e anabolizadoras de negócios na região.

Só que não.

Em reportagem do Wall Street Journal, veja aqui como é muito pelo contrário, nas palavras da recém eleita líder da Comunidade, a atual ministra da defesa da Alemanha, Ursula von der Leyes

Abaixo, ações contra empresas dos EUA na Europa em função de privacidade e vazamento de dados

(*) Suporte de pesquisa e dados da Guardians Consulting

 

Compartilhe

  • Temas

  • vivo

  • netshoes

  • Apple

  • Google

  • Ypê

  • Banco Inter

  • GUARDIANS

  • Guardians Consulting

  • bacen

  • inss

  • PRIVACIDADE DE DADOS

  • LGPD

  • lei de dados

  • GPDR

Publicidade