Proxxima
Meio & Mensagem

O SXSW e o Metaverso decretaram: é o início da Era Pós-Realidade

Buscar

Blog do Pyr

Publicidade

O SXSW e o Metaverso decretaram: é o início da Era Pós-Realidade

Essa fluidez entre on e off estará cada vez mais misturada em nossas vidas para sempre

23 de março de 2021 - 8h08

A realidade, como a conhecíamos, acabou. Faz alguns anos que ela acabou e nem percebemos. Acabou quando, ali pelos anos 1950/1960, começamos a brincar de internet. E assim, criamos uma realidade paralela, digital, que chamamos carinhosamente de realidade virtual.

A partir daí, virou o samba do criolo doido de tantas outras realidades que fomos divertidamente criando sem fim, a ponto de hoje convivermos com todas elas como se tudo fosse como era antes, só que não.

O fato de termos que criar sobrenomes para a realidade é a evidência mais explícita disso. Ou seja, de que a realidade de antes acabou.

Quer ver? Me diz aí: o que é realidade?

Se você me vier com o papinho de que é uma sequência de fatos concretos da vida real, já dançou de prima, porque não há nenhum fato hoje da tal da realidade concreta que não esteja vinculado, de alguma forma, a alguma influência ou determinação da tecnologia digital virtual e aquilo que você, ingenuamente, chama de realidade concreta, já tem muito de nada concreto faz décadas.

Tenta de novo. Ou melhor, não tenta não. Deixa pra lá. Propus um jogo em que você, ao tentar jogar, já perdeu.

O SXSW deste ano já começou, pelo fato de ser integralmente remoto, a nos propor esse tipo de reflexão. Mas deixou tudo isso explícito quando criou ambientes em 3D que chamou de metaverso, já que engendrou mundos paralelos virtuais para que a experiência do evento, já que teria que ser digital e remoto, pois que assim fosse, até o talo.

Metaverso é o apelido para mundos paralelos que a tecnologia permite criar e que nos transportam para realidades … rã …. fora da realidade. Pois eles são hoje de tal forma parte do nosso cotidiano que, na real (real ?), são, de fato, parte integrante da vida moderna de todos nós, como a conhecemos.

E ó. Não precisa ser Second Life ou a vila 3D que o SXSW criou para ser metaverso. Quando, por exemplo, conversamos com uma máquina, leia-se seu celular por exemplo, através de um assistente de voz, coisa banal hoje em dia, estamos interagindo e vivendo em um ambiente nada físico, muito ao contrário, integralmente digital. Idem quando falamos com chatbots. Ou jogamos um videogame. Ou, como já disse, pra radicalizar, quando simplesmente navegamos na internet.

E daí?

Bom, e daí que quando a realidade se dissolve sob nossos pés, vamos nos apoiar onde? Você está mesmo preparado para conviver com os avanços disso tudo? Falo da realidade aumentada, da realidade virtual, das realidades mistas, os ambientes 3D e todos esse metaversos em seu entorno, você nem mesmo sendo direito mais o ser humano de pele e osso que sempre foi, já que pode virar um avatar num piscar de olhos e estar em qualquer lugar, sem sair da sala reclusa da sua casa que virou sua … rã de novo … realidade isolada e remota deste pandêmico hoje?

Essa fluidez entre on e off, para simplificar a questão, estará cada vez mais misturada em nossas vidas para sempre. Prepare-se, portanto, para não ser mais quem você é e ter que conviver nesta nova era, a Era da Pós-Realidade.

Compartilhe

Publicidade