Proxxima
Meio & Mensagem

Por que o GPA lançou uma adtech? Porque é um publisher, uai!

Buscar

Blog do Pyr

Publicidade

Por que o GPA lançou uma adtech? Porque é um publisher, uai!

GPA, assim como Amazon, Mercado Livre e tantos outros marketplaces são, agora, também e concomitantemente, publishers e grandes players de mídia

15 de junho de 2021 - 14h51

Até eu que sou um rematado idiota sei que é de mídia que os publishers vivem. Tá certo que tem outras receitas surgindo, mas mídia segue sendo ainda a sua mais relevante fonte de receita.

O GPA é uma empresa de mídia. Também, além é claro de ser o que sempre foi, um dos grandes grupos operadores e distribuidores do varejo brasileiro. 

Como podemos ler no próprio site da empresa, tá lá a explicação: “A companhia potencializa seus ativos ao disponibilizar sua audiência qualificada e espaços publicitários em suas plataformas digitais, em nova parceria com a empresa de tecnologia RelevanC”.

O convite segue sendo feito no site: “Os anunciantes terão a possibilidade de veicular campanhas em toda internet utilizando mais de 1.700 opções de segmentação da robusta base de clientes do GPA. Os fornecedores e vendedores dos marketplaces do GPA poderão anunciar seus produtos em destaque através da busca patrocinada e espaços publicitários dentro dos sites e aplicativos de e-commerce da Companhia, que opera com as marcas Pão de Açúcar e Extra, bem como dispor dos serviços de comunicação dirigida via SMS e e-mail.”

É um pitch deslavado de um publisher, senhoras e senhores. 

GPA, assim como Amazon, Mercado Livre e tantos outros marketplaces são, agora, também e concomitantemente, publishers e grandes players de mídia. Demorô.

A audiência sempre esteve lá, bastava monetizá-la.

A adtech do GPA nasce em parceria com a RelevanC, uma das líderes francesas do setor. E promete integrar-se aos espaços publicitários já existentes na loja e, assim, começaremos a ver a construção de uma plataforma omnichannel 360o., que a companhia já construiu na sua atividade principal de varejo, também na sua estrutura de mídia.

Novos tempos minha gente. O próximo passo é o GPA comprar empresas de conteúdo e entrar no mercado de influencers. Esperem e verão.

Compartilhe

Publicidade