Proxxima
Meio & Mensagem

Google RCS: uma nova tendência para o futuro da mensageria

Buscar

How To

Publicidade

Google RCS: uma nova tendência para o futuro da mensageria

Google investe em mensagens mais dinâmicas a fim de interagir melhor com o consumidor conectado

27 de junho de 2017 - 18h40

(Crédito: Reprodução)

por Marcelo Gobbi*

A maioria das pessoas gasta grande parte do seu tempo no celular ou tablet interagindo com aplicativos de troca de mensagens. O SMS se tornou uma excelente ferramenta de comunicação entre empresas e consumidores. Cada vez mais as empresas têm adotado esse canal pelo seu poder de alcance, rapidez e segurança. Porém, estamos vivendo um momento de transformação no mundo mobile onde mais pessoas têm acesso a um smartphone e o seu tempo de uso tem aumentado consideravelmente. De acordo com um estudo do “Visual Networking Index – Global Mobile Data Traffic Forecast” – as projeções para 2020 são que 70% da população do mundo (cerca de 5.4 bilhões de pessoas) terão um smartphone ou tablet. Além disso, o tempo que as pessoas passam conectadas à Internet em smartphones triplicou nos últimos 3 anos.

Pensando nisso, as operadoras de celulares e a Google perceberam que a experiência mobile será transformada pela adoção de mensagens com recursos intuitivos, dinâmicos e mais simples ao usuário. É por isso que a Google está trabalhando com as operadoras de todo mundo no protocolo Rich Communication Service (RCS) para melhorar e evoluir uma das principais ferramentas de comunicação nos celulares, hoje em dia, o SMS. Para os usuários, o produto será chamado de Android Messages e estará automaticamente disponível para todos que utilizam o sistema Android em operadoras que habilitarem este recurso.

Esse enriquecimento do SMS abre uma grande oportunidade para empresas que melhoram sua interatividade mobile com seus clientes. E, para empresas como a Movile que suporta essas empresas com uma plataforma de comunicação robusta, segura e diversificada, será possível agregar mais qualidade nessa interação. A Movile está animada por ser uma das empresas latino-americanas a ter acesso antecipado a este serviço, pois isso reforça o quanto somos comprometidos com inovação e, logicamente, nos aproximará do nosso sonho de tornar a vida de 1 bilhão de pessoas melhor!

RCS

Há pouco tempo atrás, enviar uma mensagem era algo básico, fácil e adaptável, apenas para telefones analógicos. Mas, agora que passamos da era destes feature phones, a demanda dos usuários por novas features e dinamismo faz com que o SMS também se revolucione. Ele irá oferecer uma experiência de mensagens muito mais dinâmica, permitindo que as empresas enviem imagem, vídeo, compartilhem fotos de alta resolução e usem outras vantagens que os usuários aproveitam usando aplicativos de mensagens. Tudo isso com segurança máxima e garantia que os dados dos usuários não serão usados para propaganda. Eu acredito que isso irá transformar o produto SMS e irá auxiliar as operadoras na busca de inovações para melhor atender seus clientes. Com este movimento a Google tem uma maneira de tornar os telefones Android ainda mais competitivos no departamento de mensagens.

A liderança da Google

A Google se associou à GSMA e à indústria móvel para criar um padrão básico para o RCS, podendo ser empregado em várias empresas de telefonia e diferentes tipos de dispositivos. Muitas operadoras estão ansiosas por inovação e curiosas para ver como a tecnologia funciona, já que estão percebendo uma queda no número de usuários que utiliza recursos de mensagens de texto em favor de outros aplicativos de conversa.

Em 2015, a Google oficializou seu interesse na liderança do mercado de RCS ao adquirir a Jibe Mobile. Em fevereiro de 2017, a Google já havia se associado a mais de 27 operadoras e fabricantes de dispositivos móveis. A Movile também é parceira da companhia neste projeto na América Latina.

A visão para o RCS é tratar-se de um serviço de mensagens que funcionará da mesma forma para todas as operadoras e aparelhos telefônicos móveis. Considerando que mais de 8 trilhões de mensagens são enviadas por SMS anualmente, esta é uma área madura com projeções futuras bastante otimistas. Há pouco tempo, o mercado estava correndo para tentar desenvolver aplicativos orientados pela tendência de varejo. Mas muitas tentativas não vingaram, já que algumas empresas falharam em criar algo que fosse realmente útil a seus consumidores. Em contrapartida, o RCS oferece uma plataforma de comunicação que já é familiar também aos consumidores da próxima geração. Para as empresas inseguras sobre a adoção do RCS, uma vantagem é que as atualizações de recursos e as melhorias serão apresentadas regularmente a todas as operadoras, de modo que a maneira como os usuários interagem com o RCS será essencialmente a mesma, ainda que os dispositivos sejam diferentes.

A Google acredita que, com o RCS, as marcas “poderão enviar mensagens mais úteis e interativas” para os consumidores. Além da simples troca de mensagens entre usuários, o RCS, por meio de bots, também pode ajudar um cliente a encontrar um produto ou verificar sua reserva de voo por meio de bots, serviços bancários e configuração de compromisso. Ao tornar a mensagem mais útil, tanto os usuários como os comerciantes encontrarão maneiras de conectarem-se de forma mais significativa e de moverem um sistema mais simplificado, que não exigirá que os consumidores baixem algo novo para cada marca ou serviço específico.

É difícil saber o que virá em seguida, mas é isso que torna este negócio tão interessante. No final do dia, o importante é melhorar vidas, tornando-as mais convenientes e otimizando o tempo gasto em atividades cotidianas. Já como pioneira, a Movile está ansiosa para explorar o potencial do RCS como a tendência do futuro para fortalecer nossa busca em fornecer aplicativos que tornem a vida dos nossos clientes excelentes e mais agradáveis.

(*) diretor de B2B Communications Solutions da Movile

Compartilhe

Publicidade