Proxxima
Meio & Mensagem

Rhizom consolida modelo único de “tokenização” de ativos para multi-negócios

Buscar

How To

Publicidade

Rhizom consolida modelo único de “tokenização” de ativos para multi-negócios

A tecnologia blockchain vem ganhando forças no mundo inteiro, mostrando que é muito além do bitcoin. O setor que mais utiliza dessa tecnologia ainda é o financeiro, mas o blockchain já está inserido em outros setores. Inclusive no marketing e media.

Pyr Marcondes
26 de setembro de 2019 - 7h39

A tecnologia blockchain vem ganhando forças no mundo, mostrando que vai muito além do bitcoin. O setor que mais se utiliza dela ainda é o financeiro, mas o blockchain já está inserido em outros setores.

Segundo relatório realizado pela IDC, estima-se que os gastos mundiais com soluções de blockchain devem chegar a quase US$ 16 bilhões em 2023. Somente para este ano, a expectativa é de que os gastos utilizados com a tecnologia blockchain saltem 80% em relação a 2018.

“O blockchain se mostrou o melhor caminho para a implementação desses recursos e nos possibilitou iniciar o desenvolvimento de soluções integradas com maior escalabilidade, através de ferramentas proprietárias extremamente refinadas, entre elas contratos inteligentes mais robustos e ferramentas de automação em escala”, comenta Luciano Britto, CEO da Rhizom.

Luciano acrescenta ainda: “Iniciamos a empresa em 2011 e desenvolvemos o primeiro protocolo escrito cem por cento do zero na América Latina. Esse protocolo oferece alternativa de ecossistema para desenvolvimento de soluções baseadas em Blockchain de forma mais rápida, segura e inteligente”.

“Tokenização” é termo derivado de “token”, que por sua vez, é o processo de substituição de dados confidenciais por símbolos de identificação exclusivos e encriptados, que mantém todas as informações essenciais sobre todo tipo de dados e informações, sem comprometer e assegurando sua segurança máxima no mundo interconectado digital.

Em uma transação com cartão de crédito, por exemplo, o token normalmente  contém apenas os últimos quatro dígitos do número real do cartão. O restante do token consiste em caracteres alfanuméricos do titular, além de dados específicos da transação em andamento.

E no marketing e mídia?

Blockchain Marketing é um braço derivado da mesma tecnologia, aplicado a segurança de dados e transações no ambiente da comunicação e mídia, trazendo ao marketing mais eficácia, transparência e agilidade, além de garantir ao consumidor e usuário final segurança sobre seus dados pessoais.

Nesse sentido, blockchain é uma ferramenta tecnológica de operacionalização das regras de compliance de leis sobre privacidade de dados, como GDPR e LGPD.

Em princípio, todos os ativos de praticamente todas as companhias em inúmeros setores podem ser “tokenizados” e ingressar na cadeia blockchain, que garante, além de privacidade e segurança máxima, também otimização de custos, velocidade nas transações, confiabilidade na cadeia de valor sobre dados e informações circulantes, entrre outros.

Em julho deste ano, a Rhizom iniciou a sua operação de venda, e desde então aumentou consideravelmente a procura por sua solução em blockchain, principalmente por clientes interessados em Rastreabilidade e Tokenização de ativos. Até o momento a empresa cresceu 334% seu faturamento nos último três meses.

A Rhizom já desenvolveu soluções em blockchain para outros setores como por exemplo: Indústria Alimentícia, Agronegócios, Museu e Artes, Economia Criativa, Financiamento Coletivo (crowdfunding), entre outros. E está em desenvolvimento de solução para a LGPD.

 

Compartilhe

Publicidade