Proxxima
Meio & Mensagem

Inovação por assinatura? Com uso de tecnologia, startup desenvolve soluções complexas de forma escalável

Buscar

How To

Publicidade

Inovação por assinatura? Com uso de tecnologia, startup desenvolve soluções complexas de forma escalável

Projeto focado em médias e grandes empresas promete resolver um problema a cada 50 dias

ProXXIma
16 de dezembro de 2019 - 7h25

 

 

 

 

No dia a dia de uma grande empresa o surgimento de novos problemas faz parte da rotina e é da natureza humana enxergá-los como algo negativo. Com o objetivo de ressignificar esses obstáculos para que se tornem oportunidades de transformação, a Nexo AI, principal player de inteligência artificial do Brasil, desenvolveu o primeiro ecossistema aberto do País a criar soluções escaláveis para grandes e médias empresas.

Em parceria com a Ingram Micro e com uso de tecnologias e serviços cognitivos da cloud pública da IBM, a Nexo AI criou o primeiro estúdio de problemas do Brasil. O projeto se baseia na metodologia Journey, focada em desenvolver soluções com prazo e recurso limitado, atuando desde o mapeamento do problema, análise, diagnóstico ao desenvolvimento da solução, teste, validação, e implementação em até 50 dias.

“A Journey reflete a rapidez e agilidade de mudança que as empresas buscam. Por meio deste projeto, é possível ter um ganho enorme em escalabilidade e capilaridade, acelerando o atendimento ao mercado”, afirma Roberto Gero, Diretor de Advanced Solutions da Ingram Micro Brasil. “A solução é ideal para empresas inovadoras que querem transformar a experiência do cliente e do colaborador simplificando processos e resolvendo problemas”.

Além da metodologia em si, a Journey conta com um estúdio físico que une ferramentas tecnológicas com diversos especialistas, entre desenvolvedores, arquitetos de soluções, cientistas de dados e autoridades em inteligência artificial. Desta forma, ocorre a estruturação dos problemas, compartilhamento de ideias, cocriação de soluções e gerenciamento de todos os projetos.

“Consultorias cobram por hora e lucram em cima do tempo. Para elas, um prazo limitado e o compartilhamento de soluções não são premissas cruciais, já que este mercado se auto alimenta da ineficiência e demora”, aponta o futurista e Creative Design da Nexo, Conrado Cotomácio. “Essa é uma forma de implementar uma solução efetiva e de valor”, complementa, ao citar que a Journey também será colaborativa.

Essa colaboração virá de um ecossistema digital que utiliza o conceito shared source para resolver problemas de forma exponencial, reduzindo custos e riscos na jornada de inovação. Na prática, todas as soluções desenvolvidas durante a jornada serão categorizadas por área e ficarão disponíveis para quem faz parte da Journey. Assim, será possível simplesmente copiar o código fonte da solução e aplicar imediatamente na empresa.

“Percebemos um cenário extremamente tradicional para falar de inovação nas médias e grandes empresas, além de diversos problemas que se repetem dentro delas. Nos RHs, setor financeiro e comercial, por exemplo, as dificuldades são basicamente nas mesmas frentes em praticamente todas elas. Ou seja, as soluções que já desenvolvemos poderiam facilmente ser aplicadas a outras empresas”, explica Diego Figueredo, CEO da Nexo AI.

Assim, a empresa que assinar o plano de inovação da Journey terá acesso a uma solução nova a cada 50 dias. Tendo em vista o impacto previsto e o público do estúdio, a Nexo criou a The Problem Company. “Empreendimentos de grande porte podem perder dinheiro a qualquer sinal de crise e, por isso, não podem compartilhar problemas. Na Journey, elas não vão precisar. Tudo o que for registrado será vinculado à companhia e o sigilo se manterá, além de uma camada de segurança utilizando a especificação DevSecOps”, explica Diego.

Estudo recente conduzido pelo IBM Institute for Business Value (IBV), em conjunto com a Oxford Economics, mostrou que a liderança de mercado é alcançada com mais frequência quando a organização estabelece alto nível de confiança nos dados de clientes, processos de negócios e com o ecossistema de parceiros”, comentou Guilherme Novaes, Diretor da Unidade de Hybrid Cloud Integration da IBM Brasil. “A IBM está honrada de estar com a Nexo IA e a Ingram Micro nessa iniciativa que faz exatamente isso: coloca os dados e a inteligência artificial na linha de frente para ajudar negócios a conquistar resultados inéditos e escaláveis”, conclui.

“A Ingram Micro se identificou com o estúdio de problemas da Nexo por conta do ‘Novas Rotas’, criado junto com a IBM. Este programa visa transformar a interação da Ingram com o mercado, apoiando os clientes na transformação digital e na solução de problemas de negócios. Portanto, para nós, faz sentido apoiar a Nexo neste projeto que propõe atender clientes de maneira rápida, acompanhando o dinamismo dos negócios e, assim, tê-los como um parceiro estratégico do Programa Novas Rotas”, acrescenta Roberto Gero.

Compartilhe

  • Temas

  • Inovação

  • Assinaturas

  • Transformação Digital

Publicidade