Proxxima
Meio & Mensagem

Pequenas e Médias também precisam de marketing digital: agora podem.

Buscar

How To

Publicidade

Pequenas e Médias também precisam de marketing digital: agora podem.

A responsabilidade da plataforma de marketing de conquista dos pequenos e médios é grande! O software não é somente uma ferramenta, em última análise ele é a base de sustentação e direcionamento para que os profissionais possam pôr em prática toda sua expertise em marketing digital.

Marco Soraggi
14 de janeiro de 2020 - 7h35

Por Marco Soraggi (*)

Ainda existe um longo caminho a ser percorrido pelos pequenos e médios empresários na jornada da adoção do marketing online. Pesquisas recentes mostram que apesar de mais de 80% das pequenas e médias empresas fazerem campanhas email marketing, menos de 30% fazem uso de algum software de automação. E qual o porquê desse baixo uso de automação? Não é a falta de vontade. Os profissionais de marketing dessas marcas querem fazer um trabalho mais sofisticado mas ainda se deparam com ferramentas difíceis de serem utilizadas, muito caras para seus orçamentos e que não entregam resultados esperados. A boa notícia é que já foram lançadas plataformas com objetivo de acabarem com esses obstáculos abrindo caminho para as pequenas e médias marcas trilharem seu caminho de maturação digital de forma prática e indolor.

Não importa o tamanho da marca: marketing é essencial. Pequenos e médios tem a mesma necessidade de encantarem seus consumidores que os grandes também tem. Na verdade, precisam encantar ainda mais (para compensar a diferença dos recursos investidos). Em muitos casos ainda falta para o pequeno a compreensão da vantagem competitiva que a automação de marketing pode trazer. Criar campanhas always on de promoções baseadas nas datas de aniversário dos clientes, por exemplo. Ou ainda campanhas de ofertas relâmpago via SMS para queima de ponta de estoque. Idéias simples de serem colocadas em prática mas que muitos ainda não fazem.

As mesmas pesquisas citadas no início desse texto indicam que das razões para a não adoção de automação de marketing: 21% dos pequenos e médios alegam não ter tempo e 19% não ter equipe. São empresas que tem colaboradores que se desdobram em diversas tarefas. Eles não podem se dar ao luxo de dispor de tempo para aprender como usar algum software. As ferramentas projetadas com foco na usabilidade, que sejam intuitivas e amigáveis vão conquistar os corações desses usuários. E imaginar que equipes reduzidas tenham condições de operar e integrar mais que 2, ou no máximo 3, ferramentas de marketing é irreal. Unificar canais (email, mobile, website, etc) entregando uma visão única dos contatos neles é essencial. E, como consequência, construindo um banco de dados único que traga todas informações dos clientes para as equipes de vendas e marketing. 

E não bastassem todas preocupações que já rondam os pequenos e médios, 2020 traz mais um fantasma gigante: a entrada em exercício da LGPD (Lei Geral da Proteção de Dados). Pequenos, médios e grandes devem se adequar a ela se não quiserem ficar expostos a punições que podem chegar a 2% do faturamento da empresa. Nesse momento a tecnologia deve ser aliada do usuário, deve prover mecanismos de controle de autoridade sobre os dados automáticos. Recursos que aumentem a confiança do consumidor na marca consolidando a boa relação entre ambos.

Concluindo: a responsabilidade da plataforma de marketing de conquista dos pequenos e médios é grande! O software não é somente uma ferramenta, em última análise ele é a base de sustentação e direcionamento para que os profissionais possam pôr em prática toda sua expertise em marketing digital. É incrível, mas ainda vivemos em um mercado de ferramentas que não distinguem conceitos básicos, que ainda confundem contato com lead (lead não é contato, lead é status do funil). A plataforma que assumir tal responsabilidade precisa trazer embutidos, de forma natural, conceitos e recursos consagrados para que as equipes de marketing e vendas possam pôr em exercício as melhores práticas de mercado. Só assim, abre-se espaço para que as pequenas e médias marcas possam atingir os melhores resultados.

(*) Marco Soraggi é Founder e CEO da TagMood, empresa pioneira em soluções de marketing cloud para PMEs

Compartilhe

  • Temas

  • Tagmood

  • PMEs

  • marketing cloud

Publicidade