Proxxima
Meio & Mensagem

Como se adequar às mudanças no Chatbot Facebook Messenger

Buscar

How To

Publicidade

Como se adequar às mudanças no Chatbot Facebook Messenger

O Facebook planeja introduzir, em fevereiro de 2020, uma API de notificação única, que permitirá que a pessoa envie notificações relevantes em tempo hábil, para um usuário, devido à sua aceitação pelo opt-in.

Roberto Rocha
22 de janeiro de 2020 - 8h36

Por Roberto Rocha (*)

A partir do dia 4 de março de 2020, o Facebook Messenger passará por algumas mudanças, com o objetivo de melhorar a experiência dos usuários da plataforma contra spam e outros tipos de abuso, além, claro, trazer resultados mais eficazes comercialmente falando.

Com isso, a forma como trabalhamos hoje com o chatbot no Facebook Messenger irá mudar drasticamente e os profissionais de marketing terão que se adaptar e buscar meios de se conectar com seus clientes, mantendo a conformidade com as políticas de uso do Facebook Messenger.

Conheça as atualizações e como se ajustar a elas:

As mudanças no Facebook Messenger

• As empresas poderão enviar mensagens aos usuários, dentro de 24 horas, após a sua última interação com a página comercial. Esse período de tempo é conhecido como “janela de mensagens 24 horas”;

• O conteúdo promocional continuará sendo permitido dentro da janela de 24h na caixa de mensagens;

• Uma das grandes mudanças é que as mensagens enviadas, fora do período de tempo de 24 horas, terão de ser marcadas, com uma das quatro Tags de mensagem. São elas: CONFIRMED_EVENT_UPDATE: informações sobre o evento em que o usuário se cadastrou; POST_PURCHASE_UPDATE: confirmações de transação, status de remessa, alterações de pedidos; ACCOUNT_UPDATE: Status do cadastro, aprovações, atividade suspeita, alertas de fraude; e HUMAN_AGENT: respostas humanas à consultas, dentro do prazo de 7 dias.

• O Facebook planeja introduzir, em fevereiro de 2020, uma API de notificação única, que permitirá que a pessoa envie notificações relevantes em tempo hábil, para um usuário, devido à sua aceitação pelo opt-in. A notificação única permitirá que você suporte casos de uso que não se enquadram na definição das quatro Tags de mensagem. Nesses casos, será necessário solicitar uma notificação de inscrição única para o usuário e enviar para ele uma mensagem fora da janela de 24 horas;

• Ação necessária: Revisar os fluxos e aplicar as Tags de mensagens apropriadas às mensagens do Facebook que podem ser enviadas fora da janela de 24 horas. Importante: as mensagens que não possuem uma tag de mensagem não serão entregues fora da janela de 24 horas a partir do dia 4 de março de 2020;

• Para mensagens que não se encaixam em nenhuma tag de mensagem, use os mecanismos de SMS ou e-mail;

• Comece a coletar números de telefone e endereços de e-mail para aumentar o alcance de suas etapas de SMS e e-mail. Também para garantir que você tenha acesso ao seu público-alvo por meio de canais independentes;

• Familiarize-se com as campanhas omnichannel, que se beneficiam do Messenger, SMS e e-mail juntos, para aumentar o ROI, mantendo a conformidade com as Novas Políticas do Messenger.

Por que meu Chatbot Messenger mudou?

O Facebook irá usar Tags para proteger os usuários do Messenger e melhorar a experiência, evitando os envios de spam. O objetivo é fazer com que os usuários fiquem mais tempo na plataforma, sejam mais engajados e consequentemente, aumentem as taxas de conversão.

Como são 4 tags, será preciso marcar explicitamente em todas as mensagens enviadas dentro da configuração de cada mensagem de sequência ou broadcast.

Dicas e aprendizados

O Facebook, como proprietária do canal Messenger, pode mudar as regras e fazer o seu principal canal de conversão simplesmente morrer. Fique atento porque isso pode acontecer em qualquer outro meio de comunicação.

A história muda da água para o vinho, caso seja o proprietário das informações da sua lead. Nesse caso, você é o detentor do nome, e-mail e telefone dela e pode mudar de canal de comunicação ou até fazer uma estratégia casada, o que aconselhamos!

Sempre, independente do canal que utilizar, busque capturar o e-mail dos seus contatos e se relacione com eles por este canal. Uma opção é utilizar ferramentas de e-mail marketing, algumas delas, permitem até que você crie páginas de captura, o que facilita seu contato com seus leads e futuros clientes.

(*) Roberto Rocha é CMO da leadlovers, plataforma completa de automação de marketing. Especialista em marketing digital, Rocha é formado em Marketing e Propaganda pela Universidade do Norte do Paraná, com MBA em Gestão de Negócios com o foco em Competências Comportamentais pela Business Behavior Institute of Chigado. 

 

Compartilhe

  • Temas

  • MUDANÇAS NO FACEBOOK

Publicidade