Proxxima
Meio & Mensagem

Lidando com o elefante dentro da sala

Buscar

How To

Publicidade

Lidando com o elefante dentro da sala

Após o período de quarentena o out-of-home ganhe força e se torne novamente uma das mídias de maior impacto, devido à unanimidade a exposição a televisão e ao digital. Vamos querer estar nas ruas mais do que nunca.

ProXXIma
2 de abril de 2020 - 8h19

Por Heitor Estrela (*)

Acompanhando as notícias em torno do Covid-19, não só no Brasil, mas também em todo o mundo, venho avaliando os impactos que essa situação vem causando na economia e também no mercado em que empreendo, o de mídia exterior.

Alguns clientes e prospects dividiram comigo recentemente que estão adiando (e até mesmo reavaliando) seus planejamentos e investimentos que já haviam definido para o ano diante desse enorme elefante.

E o que eu venho dizendo a eles é que o out-of-home não está morrendo ou se tornando uma mídia inadequada. O OOH está, assim como tudo nesse momento, se reinventando.

Um exemplo disso, assumindo uma veia educativa, foi um outdoor, da PS Media, que viralizou nesta última semana.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Usando a estratégia de marketing de oportunidade e uma mensagem direta o veículo viralizou, ganhando mídia espontânea nas redes sociais e principais portais jornalísticos do Brasil.

Buscando também colaborar, o veículo de Campinas MOOHB, disponibilizou seus pontos para que profissionais autônomos e pequenos comerciantes pudessem anunciar gratuitamente.

Não foi fornecido texto alternativo para esta imagem

Além disso, eu acredito que após o período de quarentena o out-of-home ganhe força e se torne uma das mídias de maior impacto, devido ao excesso de exposição a televisão e ao digital. Vamos querer estar nas ruas mais do que nunca e com um olhar completamente diferente para o mundo.

Então, se eu posso deixar uma dica é para que se planejem.

Se não estiver no cronograma lançar uma campanha educativa de combate ao vírus, ou fazer qualquer tipo de ação de apoio nesse momento, o que sugiro é que aproveite para pensar nas campanhas dos próximos meses. Afinal, a única certeza que temos é que tudo isso vai passar. 

Na onda do mercado, os veículos estão apostando em negociações agressivas para fecharem bons negócios. Quem deseja boa cobertura ou maior frequência, deve aproveitar e avaliar os cenários. Está aí uma ótima oportunidade de garantir um excelente ROI para as próximas campanhas.

É importante também ressaltar que nem todas as categorias do OOH sofreram com a queda de impacto. Edifícios residenciais, supermercados e postos de gasolina continuam com alta movimentação e estão abertos a negociar com os anunciantes interessados nos formatos neste período.

Todos nós temos metas para alcançar ainda esse ano e é importante estarmos atentos às oportunidades e gerenciarmos bem nosso tempo para garantirmos com sucesso nossa retomada.

Vão existir dois tipos de empresa quando o isolamento passar: as que já se planejaram e as que irão se planejar. Onde sua empresa estará?

 

(*) Heitor Estrela é sócio-fundador e CEO da Noalvo.

 

 

 

 

 

 

Compartilhe

Publicidade