Proxxima
Meio & Mensagem

7 dicas de como fazer contatos em eventos online e fechar negócios

Buscar

How To

Publicidade

7 dicas de como fazer contatos em eventos online e fechar negócios

Prefira participar de um evento online em um ambiente calmo. Ao fundo, prefira uma parede de cores neutras e que não chamem a atenção do interlocutor. Afinal, o foco é você.

ProXXIma
2 de julho de 2020 - 8h46

 

O setor de eventos se viu obrigado a se reinventar ao ter que, do dia para a noite, se tornar digital. Uma das preocupações com esse modelo é a questão da construção de networking. Afinal, os coffee breaks e intervalos de palestras para troca de cartões eram os principais atrativos dos encontros que eram realizados presencialmente. Já no ambiente virtual foi criada uma espécie de “etiqueta” em eventos online. Se seguida à risca, ela pode fazer com que negócios sejam fechados neste formato de modo tão eficiente quanto a outra forma que era praticada.

De acordo com o CEO da InEvent, Pedro Góes, usar plataformas que disponibilizam uma simples videoconferência não é a solução adequada para eventos, sobretudo corporativos. “As empresas necessitam de recursos que sejam customizadas com suas necessidades, sejam elas conferências, seminários, treinamentos para os públicos interno e externos”.

Plataformas hoje permitem que participantes de um evento sejam identificados com nome, cargo e empresa que trabalham, o que é uma grande vantagem dos eventos online porque facilita na busca por contatos de interesse. Estes podem ser convidados para uma ferramenta que faz muito sucesso que é a “Sala Privada”. Nela é possível desenvolver um primeiro contato para que futuros negócios sejam fechados.

Entretanto, como fazer essa aproximação? Que cuidados devem ser tomados ao fazer networking em eventos virtuais?

Matheus Jacob, especialista em educação executiva e comunicação, lista as principais dicas para ter sucesso nessas abordagens na web.

Manifeste interesse em conversar 

Se uma palestra estiver acontecendo, envie uma mensagem direta manifestando que há interesse em um ir em uma Sala Privada, deixando claro que pode haver uma sinergia entre os negócios que cada um representa. O mais recomendável é verificar se a palestra está terminando antes de fazer a abordagem. “Há um risco grande de parecer desrespeitoso com aquela pessoa, sobretudo se ela estiver acompanhando com interesse uma palestra de evento online”, aponta Jacob.

Cuide de sua aparência pessoal 

Os mesmos cuidados com roupas, maquiagem, cabelo, barba e acessórios como brincos, colares e óculos de um evento presencial devem ser tomados em seminários virtuais. Se o objetivo da conversa é gerar negócios, é bom estar vestido com roupas adequadas da cabeças aos pés. Afinal, nunca se sabe quando o interfone vai tocar ou se haverá necessidade de se levantar para uma emergência e a pessoa esquece de desligar a câmera.

Tenha cuidado com o ambiente ao redor

Prefira participar de um evento online em um ambiente calmo. Ao fundo, prefira uma parede de cores neutras e que não chamem a atenção do interlocutor. Afinal, o foco é você e não a decoração da sua casa. Assegure-se que não haverá interrupções de crianças ou animais de estimação que possam causar distração e, consequentemente, perda do foco nos negócios.

Seja assertivo e breve no primeiro contato

Que tempo é um bem precioso, todo mundo sabe. Pelo fato de haver identificação visível de cada participante, muitas vezes você ou a pessoa com quem se conversa tem uma lista de pessoas com quem ela quer dialogar também. Por isso é interessante mapear com antecedência quais são os objetivos de networking no evento online. Vá direto ao ponto, cause uma boa impressão e seja empático ao mapear as expectativas e o momento que a outra pessoa está vivendo em sua empresa. Troque contatos para uma conversa com mais tempo em outro momento e planeje todas as ações customizadas para que aquele contato tenha impacto para o seu negócio.

Fique atento à comunicação visual

Às vezes, sentimos que a pessoa está interessada na conversa e a recomendação de ser breve na primeira abordagem pode ser descartada. Entretanto, é bom ler os sinais da comunicação não-verbal que mostra quando é hora de encerrar o assunto. Gestos como mexer no celular, demonstrar sinais de inquietação e até mesmo brincar com objetos que estejam por perto são sinais de desinteresse. Jacob ensina que há meios de manter uma pessoa conectada na Sala Privada. “Chamar a pessoa pelo nome, perguntar algo e interagir são as melhores formas de evitar um cenário negativo”.

Cuidado com o celular

É normal participar de um evento online por meio do uso de celulares até mesmo pelo fato das câmeras frontais de celulares terem melhor qualidade que as de notebook. Entretanto, é recomendável que se deixe o celular parado e em altura adequada que deixe você visível em um bom enquadramento. Evite ficar se movimentando de um lado para outro no decorrer de uma conversa em um evento, isso pode deixar o interlocutor atordoado.

Trate as pessoas como pessoas

Ao alternar o olhar em uma conversa virtual entre câmera do dispositivo e a tela, você se aproxima do “olho no olho” de uma conversa ao vivo, gerando maior proximidade. Uma vez que haja respeito, cordialidade, cuidado com o tempo, disponibilidade e atenção do outro, conseguimos criar relações em qualquer plataforma, seja no mundo físico ou digital. “Atrás de uma tela há sempre um indivíduo e entendermos isso é um passo fundamental”, aponta o especialista.

Saiba mais em https://www.inevent.com/

Compartilhe

Publicidade