Proxxima
Meio & Mensagem

Influenciadores, nove passos para um mídia kit matador

Buscar

Notícias

Publicidade

Influenciadores, nove passos para um mídia kit matador

Stephanie Pellin, head Comercial da rede Snack, fala sobre apresentação, abordagem e informações a serem utilizadas na apresentação para o mercado

Luiz Gustavo Pacete
6 de junho de 2016 - 15h00

O número de influenciadores cresce a cada dia e com isso a necessidade da utilização de ferramentas e recursos profissionais para dialogar com o mercado. Stephanie Pellin, head Comercial da rede Snack, que acaba de estrear um curso na plataforma YoupixHub sobre o assunto, dá nove dicas para a montagem de um mídia kit que faça a diferença.

Veja mais informações sobre o youPIX Hub aqui.

Stephanie

Stephanie Pellin, head Comercial da rede Snack

1 – Visual
Em todo o mídia kit é necessário que você siga a risca a identidade visual do canal, ou seja, tudo o que apresentar ali precisa conter os elementos visuais apresentados no seu canal.

2 – Estética
A capa do mídia kit precisa ter uma estética impecável. Muitas vezes é ela quem vai fazer com que as pessoas tenham a curiosidade de abrir o material. Se possível, procure uma ideia visual que represente o conceito do seu canal. As imagens têm que ser lindas, claras, em boa resolução, com elementos que conversem entre si e, principalmente, precisam, obviamente, conter o nome e o endereço do seu canal.

3 – Conceito
Encontre um ótimo conceito que resuma o que é o canal. Ou seja, você tem que deixar claro qual é a mensagem principal do seu canal, o que ela transmite, qual é o objetivo. Tudo isso, em poucas palavras ou frases.

4 – Citações
Esse é outro elemento importante que merece ser destacado. As citações podem ser de grande influência na hora de conquistar uma marca. Elas funcionam como o endorsment do público. Resumindo, destaque o que os outros podem falar de melhor sobre você.

5 – Prêmios
Outro tipo de reconhecimento importante a ser destacado no mídia kit são os prêmios e aparições na mídia. Se alguma vez o trabalho do canal foi reconhecido em uma premiação ou foi divulgado em um site especializado do seu segmento, ou apareceu em um jornal, numa revista, ou até mesmo em um canal relevante do Youtube, não deixe de dar destaque para esses fatos. É importante para o anunciante perceber a sua relevância.

6 – Funcionalidade
Diga como é o funcionamento do canal. A palavra chave é periodicidade, ou seja, quantas vezes por semana entram vídeos no seu canal. Estamos falando de agenda fixa da programação.

7 – Temática
Especifique quais são os quadros ou a playlist do canal e os temas que você aborda em cada um deles. Faça um pequeno resumo do que cada playlist apresenta: nome e o resumo do conteúdo. É claro que você pode ter vídeos extras em determinada semana, devido a uma ocasião extraordinária, mas definir a grade de programação é fundamental para que o anunciante saiba quais são as oportunidades de aparições que o canal oferece.

8 – Relevância e Audiência
Mostre o quanto o canal é relevante para a audiência através dos números. Primeiro você precisará saber o total de vídeos que o seu canal já publicou, depois o total de views que o canal já possui, também a média de views por vídeo e a taxa de engajamento que nada mais é, o número total de views, dividido pela soma das interações (comments, likes e shares)

9 – Anunciante
Mostre como o anunciante pode divulgar a marca dele no canal. Defina quais são os formatos que você vai oferecer: product placement, patrocínios, brand contente, etc. E, os custos de cada um destes formatos.

Compartilhe

Publicidade