Proxxima
Meio & Mensagem

E-mail: principal ferramenta para interação com as marcas

Buscar

Notícias

Publicidade

E-mail: principal ferramenta para interação com as marcas

Mais da metade dos entrevistados vê personalização do e-mail como o objetivo mais importante entre todos os listados no estudo

5 de dezembro de 2016 - 14h29

Em parceria com a Ascend2, a Return Path, provedora global de soluções de dados, realizou o estudo Estratégias de Campanhas de E-mail Marketing: Otimização de Performance para Marketing B2C, com o intuito de compreender melhor os desafios e as melhores táticas de uso da ferramenta e-mail. “Quando comparado a outros canais, o e-mail é o preferido dos consumidores para interação com as marcas. Dessa forma, sai na frente o profissional de marketing antenado a essa preferência e disposto a aproveitar todo o potencial da ferramenta, com atenção especial a necessidades de ajustes contínuos das estratégias”, disse Cecilia Belele, diretora regional da Return Path para América Lática, em nota oficial.

O levantamento, realizado em novembro deste ano, analisou 104 influenciadores de marketing, dos Estados Unidos, como proprietários de empresas, chief experience officer (CXO), vice-presidentes, diretores e gerentes. Nele, melhorar a personalização do e-mail aparece como o objetivo mais importante, totalizando 52% entre os entrevistados, deixando para trás pontos como: melhorar a retenção de cliente, aumentar o engajamento do cliente, aumentar a aquisição de clientes, aumentar a notoriedade da marca, coletar dados de assinante de qualidade e reduzir os custos de marketing.

Além disso, enquanto 46% acredita que coletar dados de assinante de qualidade é o maior desafio para o sucesso, 29% coloca à frente aumentar a notoriedade da marca. Para o processo de uma campanha, montar uma lista apenas com destinatários que tenham demonstrado interesse em receber mensagens de uma marca e com dados comportamentais e preferência desses usuários não é visto como uma tarefa fácil. Já ao estudar a análise comparativa, contrapondo tática mais difícil e tática mais eficaz, mensagens de e-mail individualizadas é a que reúne maior porcentagem, somando 48% em ambas categorias:

Capturar5

Enquanto 47% diz combinar recursos terceirizados e internos, 34% revela fazer uma terceirização para um especialista e 19% utilizar apenas recursos internos. “Uma estratégia interessante para garantir os melhores resultados diante da concorrência é unir recursos internos, por meio de profissionais que tenham ampla visão do negócio, a recursos externos, com o apoio de empresas que acompanham a evolução e tendência do canal e sejam especializadas na coleta e análise de dados”, acrescentou Cecilia Belele, em comunicado à imprensa.

Compartilhe

Publicidade