Proxxima
Meio & Mensagem

Elemídia pluga seu inventário na programática

Buscar

Notícias

Publicidade

Elemídia pluga seu inventário na programática

Usando a plataforma global Rubicon, a empresa lança com Itau e Nissan sistema para venda programática de seu portfólio.

Pyr Marcondes
19 de abril de 2019 - 9h20

 

 

 

Em parceria com a Rubicon Project e Verizon Media, a Elemidia, empresa de Digital Out of Home (DOOH), apresenta ao mercado um novo modelo de compra programática de suas telas em ambientes corporativos, residenciais e shoppings. Os primeiros anunciantes a utilizarem a nova plataforma são Itaú e Nissan, por meio de suas agências Africa e Lew’Lara\TBWA, respectivamente.

 

“Estamos sempre em busca de alternativas que atendam às demandas dos nossos clientes, na velocidade que eles precisam. O modelo de compra programática era um caminho natural para a Elemidia. Somos uma empresa 100% digital, e por isso, capaz de disponibilizar o inventário completo para essa solução” conta Lucio Schneider, diretor de Marketing da Elemidia.

 

O alto índice de 95% de atenção da audiência, de quase 25 milhões de pessoas por semana em suas mais de 16 mil telas, e a capacidade de segmentação como pela geolocalização, faz com que a Elemidia combine cobertura e inteligência de dados para campanhas de grande assertividade.

 

O novo modelo de compra de mídia vem para consolidar a sinergia que já existia entre o meio digital e as telas da empresa. “Ampliamos nossa capacidade comercial e de integração de informações. Uma ótima oportunidade para os clientes que desejam alcance e não abrem mão da tecnologia para gerenciamento preciso de suas campanhas” complementa Schneider.

Segundo Leonardo Khéde, Diretor Comercial da Verizon Media, inovação e parceria fazem parte do DNA da empresa. “Um projeto como esse mostra a nossa capacidade de trazer para o mercado uma solução inovadora,  em conjunto com parceiros de peso como  Elemidia, Rubicon Project, Itau e Nissan”, explica.

 

“Estar entre os primeiros anunciantes a utilizarem esse novo modelo está totalmente inserido em nossa busca em estarmos sempre atualizados e integrados ao que está acontecendo no mercado. No futuro, nosso intuito é que plataformas como essa nos permitam cada vez mais impactar o dia a dia das pessoas com o que elas realmente estão buscando”, diz Eduardo Tracanella, diretor de Marketing do Itaú Unibanco.

 

Para Fabio Caetano, Diretor de mídia da Lew’Lara\TBWA, responsável pela conta da Nissan, o novo modelo programático é uma excelente oportunidade, pois traz a agilidade do digital para o OOH. “Conseguimos respeitar a força do meio em relação a geolocalização com um approach mais assertivo por região e, ainda, com a amplificação de cobertura. Conseguimos, por exemplo, trabalhar de forma integrada a uma iniciativa mobile, relevante para o segmento automotivo, e ter integração entre os meios digitais, para aumentar a frequência, aplicando também métricas que antes tínhamos só no digital (web). Sem dúvida, agregamos valor na estratégia e compra de mídia”, explica Caetano.

Compartilhe

  • Temas

  • Elemídia

  • midia

  • Mídia programática

  • midia online

  • AUTOMAÇÃO DA MÍDIA

Publicidade