Proxxima
Meio & Mensagem

Aplicativos: gastos com aquisição de instalações fecharão 2019 em US$50 bilhões

Buscar

Notícias

Publicidade

Aplicativos: gastos com aquisição de instalações fecharão 2019 em US$50 bilhões

A AppsFlyer analisou 18 mil aplicativos de celular e 15 bilhões de instalações não-orgânicas (ou seja, feitas por meio de publicidade in-app), para mapear as cinco principais tendências que permearam 2019 neste mercado

ProXXIma
9 de janeiro de 2020 - 8h02

 


O mercado de aplicativos não mostra sinais de desaceleração, já que os consumidores gastaram mais de US$90 bilhões em lojas de aplicativos em 2019. O crescimento permanece robusto em 20% ano a ano (App Annie). Para garantir a visibilidade entre um mar de concorrentes, os aplicativos estão aumentando seu investimento em marketing – tanto na aquisição de usuários quanto no reengajamento. Segundo a AppsFlyer, líder global em mensuração e monitoramento de aplicativos, os gastos com anúncios de instalação de aplicativos fecharão 2019 em US$50 bilhões – um salto de 30% em relação a 2018.

O Brasil acompanha os saltos, tendo crescido em investimentos de campanhas pagas de downloads 165% de 2016 para 2017 e mais 15% para 2018.

A AppsFlyer analisou 18 mil aplicativos de celular e 15 bilhões de instalações não-orgânicas (ou seja, feitas por meio de publicidade in-app), para mapear as cinco principais tendências que permearam 2019 neste mercado:

1.Instalações não-orgânicas: os aplicativos dependem cada vez mais do marketing para impulsionar o crescimento. Este ano, mais de 40% das instalações de apps foram não-orgânicas.

2.Retargeting: o mercado percebeu que com marketing de atribuição bem feito, o custo de aquisição de usuários por meio de campanhas de retargeting é menor e é uma estratégia eficaz. 2019 termina com 30% dos apps rodando campanhas de retargeting, um aumento de 16% ano a ano.

3.Monetização: publicidade in-app está se popularizando em todo o ecossistema. Nossos dados mostram que o número de aplicativos (não-jogos) que adicionaram anúncios ao seu mix de monetização cresceu 127% em 2019, gerando um aumento de 47% na receita gerada pelos anúncios.

4.Fraude: os aplicativos de jogos estão protegendo a frente, mas ainda expostos. Portanto, parar a fraude é uma questão que recorrente e seguirá fazendo parte dos investimentos ano que vem.]

5.Programático: o mercado de instalação de aplicativos cresceu 30% a mais do que o mercado não programático.

2019 marcou um aumento distinto na categoria fintech. A participação dos aplicativos financeiros em instalações não-orgânicas cresceu quase 60% em 2019. A categoria Viagem também apresentou um crescimento considerável, especialmente no número médio de instalações por aplicativo (+ 51%). Seguindo a onda da economia de assinaturas, os aplicativos de entretenimento também aumentaram seus esforços de marketing, aumentando em 20% a participação total no bolo.

Compartilhe

  • Temas

  • Apps Flyer

  • Apps

  • aplicativos

Publicidade