Proxxima
Meio & Mensagem

Brasil cresce 55% em número de instalações de apps, destacando-se na América Latina

Buscar

Notícias

Publicidade

Brasil cresce 55% em número de instalações de apps, destacando-se na América Latina

De acordo com a AppsFlyer, em 2020 apps brasileiros representam 18% das instalações de apps em LATAM, contra 8% em 2018. Durante pandemia o aumento de receitas de aplicativos cresceu 50% no Brasil.

ProXXIma
30 de junho de 2020 - 15h14

Brasil cresce 55% em número de instalações de apps em apenas dois anos, adota globalização e dobra seus investimentos fora do país em seus aplicativos. É o que mostra estudo da AppsFlyer, líder global em atribuição e análise de dados para aplicativos, lançado hoje sobre o estado do marketing de apps na América Latina.

A região está vivenciando um crescimento significativo na penetração de smartphones nos últimos anos sendo o sucesso brasileiro o propulsor desse movimento. O mercado de apps também cresceu em investimento em publicidade para aquisição de usuários e em adoção. Aplicativos latino americanos gastaram na região em 2019, U$3,1 bilhões em campanhas para instalação de apps,, e até 2022, esse gasto deve alcançar U$6,9 bilhões. Somente o Brasil foi responsável em 2019 por US$1,8 bilhão em gasto com instalações.

O Brasil assumiu a sua posição como um dos grandes mercados globais de apps, e lidera o mercado LATAM, não só como o maior mercado consumidor, mas também, como o mercado com maior e mais rápido crescimento na região, seguido por México e Colômbia.

Apps chineses perderam o seu gás. Em 2018 chegaram a ser 48% dos apps presentes em LATAM, mas em 2020, vemos uma maior distribuição de apps globais. Apps Brasileiros aumentaram significativamente a sua parcela de participação no mercado latino americano, mostrando a força do ecossistema de apps brasileiros. De acordo com a AppsFlyer, em 2020 apps brasileiros representam 18% das instalações de apps em LATAM, contra 8% em 2018.

Durante a pandemia, o crescimento da receita dos apps no Brasil com publicidade subiu 50%. Brasil lidera o mercado da região LATAM em todos os aspectos: em instalações, em uso e em receita. Aplicativos de games lideram a lista brasileira, seguido por compras e em terceiro lugar apps de finanças.

Dentre outros levantamentos, nota-se um aumento na adoção de retargeting para atrair usuários (18% no Brasil em 2020), e a permanência de fraudadores no mercado de publicidade mobile com bots mais sofisticados.

O estudo avaliou um total de 2,9 bilhões de instalações, com levantamentos de: investimentos em campanhas e investimento total, projeção de investimento até o fim do ano, crescimento de instalações na região e no Brasil, crescimento da representação de apps nacionais na região, entre outros achados. Para acessar o documento clique aqui.

 

 

Compartilhe

  • Temas

  • aplicativos

  • mobile

Publicidade