Proxxima
Meio & Mensagem

Totvs: conheça os planos com a aquisição da RD Station

Buscar

Notícias

Publicidade

Totvs: conheça os planos com a aquisição da RD Station

O acordo, que movimentou R$ 1,86 bilhão, é considerado a maior transação privada na área de software no Brasil

Taís Farias
19 de março de 2021 - 6h00

Na última semana, a Totvs, empresa brasileira de software, fruto da fusão entre a Microsiga e a Logocenter, anunciou a aquisição de 92% da startup de Florianópolis (SC), a RD Station. O acordo movimentou R$ 1,86 bilhão e foi considerada a maior transação privada na área de software no Brasil. Fundada em 2011, a RD Station tem receita líquida prevista para este ano de, aproximadamente, R$ 206 milhões. O processo aguarda a aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Essa aquisição é mais uma transação num longo histórico de aquisições da Totvs. Estima-se que a empresa já realizou mais de 40 aquisições desde 1983. A nova compra, no entanto, mostra o interesse da companhia no segmento de business performance. Em dezembro, a Totvs havia feito um investimento nesse sentido com a aqusição da Tail Target, empresa de big data e analytics focada em marketing digital, por R$ 12 milhões.

 

Dennis Herszkowicz, presidente da Totvs (Crédito: Divulgação)

Mas, então, quem é a RD Station e por que sua compra é estratégica? A startup opera no desenvolvimento de softwares como serviço (SaS) e é voltada ao crescimento de médias e pequenas empresas. A companhia trabalha com dois produtos: o RD Station Marketing, ferramenta de automação de marketing, e o RD Station CRM, para controlar e organizar o processo comercial. Enquanto a Totvs atende empresas com receita entre R$ 10 milhões e R$ 20 milhões, a RD tem clientes que faturam, em média, entre R$ 1 milhão a R$ 5 milhões por ano. A ideia é que, com o tempo, as empresas passem a aproveitar essa base de clientes de forma compartilhada.

“Agora, a RD passa a compor e fortalecer a estratégia de business performance da Totvs. Esse pilar existe para mudar a forma como os clientes vendem, entendem e se relacionam com seus consumidores. Já faziam parte desse portfólio produtos de CRM e inteligência de dados da recém-adquirida Tail. Agora, essa lista está ainda mais forte com as soluções da RD”, diz o presidente da Totvs, Dennis Herszkowicz.

A movimentação também reflete o protagonismo que a automação do marketing tem ganhado nas empresas. “A pandemia acelerou o processo de digitalização e isso fez com que o marketing digital desempenhasse um papel fundamental no universo de empreendedores e consumidores. As médias e pequenas empresas passaram a investir em ferramentas de automação de marketing e a perceber o ganho em produtividade e eficiência na sua estratégia de aquisição, tanto em marketing quanto em Vendas”, afirma o CMO da RD Station, Bernardo Brandão.

 

Bernardo Brandão, CMO da RD Station (Crédito: Divulgação)

Nesse sentido, o setor se tornou uma aposta na estratégia de Totvs. “Até 2020, os pequenos negócios brasileiros davam passos curtos na digitalização. Porém, com a pandemia, sem alternativas para vender, precisaram recorrer ao e-commerce e marketing digital para se manterem competitivos. Com esse movimento, se tornou imprescindível para uma companhia do tamanho da Totvs atuar nesse mercado”, explica Herszkowicz.

A partir de agora, juntas, o plano das companhias é manter a autonomia da RD Station com operação independente e, no futuro, aproveitar as oportunidades de sinergia entre os negócios. “A negociação levou em conta o portfólio e a capacidade operacional da RD, e vamos seguir valorizando isso em todo o processo. Em um segundo momento, olharemos para as áreas que se sobrepõem de forma a ajustá-las, mas o foco, neste início, é manter as operações e, consequentemente, o sucesso e as oportunidades de ambos os lados”, afirma o presidente da Totvs.

“Logo antes do acordo, inclusive, havíamos anunciado o investimento de R$ 100 milhões em pesquisa e desenvolvimento e em aquisições que complementem nossa visão de plataforma. Isso segue totalmente válido”, completa o CMO da RD Station.

*Crédito da foto no topo: Eugenesergeev/iStock

Compartilhe

Publicidade