Proxxima
Meio & Mensagem

Compasso UOL e AWS se unem em oferta de aceleração digital

Buscar

Notícias

Publicidade

Compasso UOL e AWS se unem em oferta de aceleração digital

Sócios oferecem soluções para as empresas modernizar seus processos, mover projetos para a nuvem e facilitar suas entregas

Carolina Huertas
6 de abril de 2021 - 6h03

A parceria unirá diferentes profissionais parar ajudar empresas a conquistarem curvas de aprendizado em tecnologia moderna e cultura ágil (Crédito: Ipopba/iStock)

Em 26 de março passado, a Compasso UOL anunciou seus estúdios de inovação em parceria com a Amazon Web Services (AWS). O Cloud Technologies Innovation Studios conta com mais de 21, mil especialistas digitais e pretende auxiliar e acelerar as transformações digitais das empresas, seja para acompanhar a velocidade do mercado e se adaptar as mudanças ou descobrir maneiras de agilizar e melhorar seus serviços. 

As duas companhias já trabalham juntas na criação de plataformas digitais desde 2016, porém, no ano passado, a Compasso UOL realizou  evolução no modelo de trabalho com grandes investimentos para quintuplicar o volume de profissionais selecionados nas plataformas da AWS e isso fez com que a Amazon percebesse o quanto esse investimento na formação de talentos nas tecnologias que criava ampliava a capacidade de entrega. Além desse projeto de investimento, a demanda de evolução digital foi impulsionada com a pandemia, fazendo com que as transformações buscadas crescessem em tamanho, complexidade e profundidade. E essas necessidades exigem diferentes habilidades, conhecimentos e combinação de inúmeras plataformas, tornando os projetos cada vez mais desafiadores.  Em 2019, com a mudança de negócios da Compasso UOL, houve um forte direcionamento estratégico focado em soluções de modernização e consultoria embasadas em um profundo conhecimento da tecnologia. Entendemos este momento como a oportunidade de construirmos, juntos, um diferencial para os clientes em termos de inovação e entrega de soluções”, afirma o gerente sênior de desenvolvimento de parceiros da AWS no Brasil, Carlos Stanis. Foi diante desse cenário que os parceiros anunciaram o Cloud Technologies Innovation Studios, o primeiro projeto da AWS neste modelo fora dos Estados Unidos e o segundo implantado no mundo.

Para André Chaves, CGO da Venture Developer Futurum Capital e especialista em comunicação, marketing e tecnologia, este é um momento emblemático para o mercado nacional e um grande one-stop-shop que surge para as empresas pensarem no seu desenvolvimento. “A coisa mais importante dessa parceria é que é uma das poucas iniciativas brasileiras de joint adventure para explorar nesse mercado, isso é muito rico. Estamos sempre nos protegendo de empresas estrangeiras que vêm para cá, essa é uma oportunidade que temos de criação com framework, o desenvolvimento, mais a parte de cross system junto com a Amazon para explorar o mercado global, começando pela América Latina”, analisa. 

Os innovation studios são iniciativas que montam equipes dedicadas a projetos transformacionais juntando as três equipes: a da Compasso UOL, a do cliente e a da AWS em um trabalho colaborativo a seis mãos que tem como objetivo final de acelerar brutalmente o processo e garantir o melhor uso possível das plataformas criadas pela parceira, explica o COO da Compasso UOL, Alexis Rockenbach. Entregamos o conhecimento em construções digitais, mas, se a empresa quer uma plataforma que usa  inovação da AWSter as equipes que criaram os componentes mais sofisticados dessa solução trabalhando conosco encurta demais o caminho. Um projeto que poderia demorar 60 dias, agora conseguimos fazer em apenas 30 dias por ter alguém da AWS ajudando a acelerar”, diz Rockenbach.

Para garantir sempre profissionais talentosos e qualificados trabalhando nas soluções para os clientes, o Cloud Technologies Innovation Studios herdou diversos programas da Compasso UOL que focam no desenvolvimento de talentos como a Compasso Academy, Fast-Track e o Programa de Bolsas de Estudo e contam com mais de 15 universidades de tecnologia parceiras. Segundo Stanis, esse foi outro diferencial que chamou a atenção da AWS para a parceria. “Sempre buscamos a diferenciação de parcerias com o objetivo de elevarmos a barra na qualidade das soluções que entregamos aos clientes. Os delivery centers da Compasso UOL permitem encontrar profissionais e promover programas de desenvolvimento e capacitação, criando equipes multidisciplinares rapidamente com profissionais do mais alto nível, aumentando sua capacidade de escala em projetos com mão de obra altamente qualificada em AWS”, diz o gerente sênior de desenvolvimento de parceiros da AWS no Brasil.

Além dos aceleradores de plataforma baseados em conhecimento, incluindo estruturas de software rodando na plataforma AWS para facilitar e acelerar a entrega de soluções aos clientes, os Innovation Studios completam a capacidade de clientes em alcançar essas soluções em paralelo a tudo que já fazem no dia a dia. COO da Compasso diz que vê os clientes limitados em muitos projetos de transformação, sem conseguirem avançar com a velocidade que gostariam, pela falta de conhecimentos e pessoas com os skills apropriadas para essas soluções, problema que a iniciativa busca solucionar. “É por isso que vai ser tão útil para os clientes, vai ajudá-los a resolver um problema que existe em todos os setores da economia. Desconheço empresas que não tenham vagas abertas nas suas áreas de transformação digital. As tecnologias evoluem muito rápido e é impossível para as empresas acompanharem essa evolução no seu dia a dia se fizer isso sozinhas, essa cooperação é muito importante”, ressalta Rockenbach. Para Chaves, da Venture Developer, este é um modelo de negócio que tende a crescer, pois investir em uma área de inovação internamente é custoso e pouco inteligente, mas, com iniciativas como essa, é possível otimizar a equipe de tecnologia. E conseguir delegar essa parte com infraestutura e escala é algo muito positivo, pois seria muito difícil se toda empresa tivesse que criar essa área de inovação 

A Natura já é um doclientes que se beneficiaram dessa oportunidade de solução. A empresa conseguiu aumentar a capacidade de inovação em velocidade maior, transformando o Espaço Digital Natura com os serviços da Compasso UOL e redesenhando e modernizando o front-end da plataforma de e-commerce com uma arquitetura AWS. Expandimos significativamente a capacidade de fazer soluções, muito mais robustas e escalonáveis. A AWS e a Compasso UOL trabalharam juntas para nos apoiar durante essa jornada e nos trouxeram aprendizados que nos desafiaram a otimizar os aspectos críticos de nossos ativos digitais”, afirma o CTO e diretor de inovação digital da Natura & Co para América Latina, Luciano Abrantes.

A tendência da cooperação de empresas
O anúncio deste projeto reafirma o desejo da UOL, empresa original de mídia de onde vem a Compasso, e dAmazon, empresa de e-commerce que gerou a AWS, de uniseus braços de mídia e plataformas de cloud para conquistar outros nichos de mercado que estão querendo soluções de transformação digital.  Projetos desse tipo, onde duas empresas se unem para criar um terceiro negócio, era algo a que o mercado brasileiro sempre foi mais resistente, mas que tende a crescer muito, pois é moderno por natureza. “Essa iniciativa de empresas grandes começarem a formar novos negócios é algo que acredito que crescerá muito. É quase uma ‘coompetição’, é cooperação numa competição, podem estar competindo em algumas coisas e, ao mesmo tempo, criam um terceiro negócio. Não existem um concorrente, é seu concorrente, mas pode ser seu fornecedor, sócio ou até seu cliente também”, diz Chaves.  

Essa interação entre as empresas em busca dessa evolução digital realmente vem acontecendo. Da mesma forma que trabalham em parceria com seus clientes, diferentes alianças surgem para construir soluções inovadoras. “O que é interessante é que, às vezes, cooperamos até mesmo com nossos concorrentes porque a carência de conhecimento é tão grande que, muitas vezes, os clientes precisam que cooperemos não só a seis mãos, mas que tragamos profissionais dos concorrentes para trabalhar no que for necessário”, diz o COO da Compasso UOL.  

**Crédito da imagem do topo: RAPEEPON BOONSONGSUWAN/iStock

Compartilhe

Publicidade