Proxxima
Meio & Mensagem

Orkut Buyukkokten: como inovar na criação de comunidades online?

Buscar

Notícias

Publicidade

Orkut Buyukkokten: como inovar na criação de comunidades online?

Criador do Orkut e CEO do app Hello fala sobre a evolução das redes e o potencial da conexão nos ambientes digitais

Taís Farias
29 de setembro de 2021 - 6h00

Orkut Buyukkokten: “Imagino um futuro onde as comunidades conectem autenticamente as pessoas em todas as facetas de nossas vidas” (Crédito: Divulgação)

Desde os anos 2000, Orkut Buyukkokten, engenheiro de software turco, trabalha com o desenvolvimento de comunidades online. O nome do executivo, que estudou na Universidade de Stanford e foi gerente de produto do Google, se tornou conhecido em 2004, com o lançamento da rede social da qual foi projetista chefe e levou o seu nome, o Orkut. Filiado ao Google, o Orkut cresceu e reuniu mais de 300 milhões de usuários. A plataforma foi um grande sucesso entre o público brasileiro e chegou a reunir mais de 30 milhões de usuários no País. Por isso, em 2008, o Google decidiu transferir a operação do Orkut para o Google Brasil.

A rede, que ainda gera nostalgia entre muitos usuários, foi encerrada em 2014. Já o trabalho de Orkut Buyukkokten com as comunidades online não parou. Em 2016, o criador do Orkut lançou a Hello, plataforma que se propõe a conectar os usuários com pessoas e conteúdos que têm a ver com suas paixões. Ao se inscrever no Hello, o usuário escolhe suas personas, que passam por opções como atleta, gamer, dono de gato ou amante de cerveja, e tem acesso a experiência personalizada. “Imagino um futuro onde as comunidades conectem autenticamente as pessoas em todas as facetas de nossas vidas”, afirma Buyukkokten. Em entrevista concedida ao Meio & Mensagem, ele revela quais são os valores fundamentais na criação de comunidade online e como esse conceito pode evoluir para criar um mundo mais conectado.

Meio & Mensagem – Qual o potencial das comunidades online? Por que elas são tão relevantes?
Orkut Buyukkokten – A internet fez um trabalho fenomenal conectando as pessoas ao redor do mundo em comunidades online nos últimos 20 anos. Uma comunidade online tem o propósito compartilhado e interesses similares. Comunidades online permitem que seus membros compartilhem suas paixões e visões com os outros, independentemente de onde cada indivíduo está localizado geograficamente. Elas permitem expandir horizontes e facilitam a conexão com pessoas que nós nunca conheceríamos off-line. As comunidades criam um senso de pertencimento e nos lembram de que há outros por aí que amam e valorizam as mesmas coisas que nós. As comunidades online se tornaram ainda mais relevantes durante a pandemia da Covid-19, quando a maior parte de nós esteve em quarentena em casa e não podíamos socializar fisicamente do lado de fora.

M&M – Quais elementos são indispensáveis na criação das comunidades? O que é preciso ter em mente?
Orkut – Nossas melhores conexões vêm de conversas que temos e experiências que dividimos com os outros. É importante oferecer um lugar seguro e as ferramentas necessárias para que, então, as pessoas possam se conectar de com as outras de maneira similar ao que aconteceria na vida real. A comunidade precisa ser inclusiva. Todos têm backgrounds e experiências de vida diferentes. Você tem que garantir que as pessoas se sintam bem-vindas e que o seu espaço é seguro. É muito importante fornecer o conjunto certo de ferramentas que ajudarão a comunidade a crescer com sucesso. Isso depende muito da integridade do líder ou pequeno grupo de líderes. Você precisa da funcionalidade e dos recursos do produto necessários para evitar comportamentos indesejados, como abuso, spam e assédio, que, infelizmente, são muito comuns. As melhores técnicas de moderação incluem algoritmos combinados com moderação manual.

M&M – As marcas já estão explorando todo o potencial das comunidades? O que ainda precisa evoluir?
Orkut – Existem marcas por aí que fazem um trabalho incrível desbloqueando o potencial das comunidades online. A Lego administra uma comunidade onde os membros podem enviar ideias de produtos, participar de um desafio semanal, entrar em concursos e compartilhar suas criações exclusivas. A Playstation tem uma das maiores comunidades de jogadores de elite. Eles têm sido ótimos em reconhecer membros valiosos, tornando muito fácil para todos compartilharem tudo relacionado ao jogo e agendar sessões de jogo online para jogarem juntos. A Disney é uma das marcas mais confiáveis ​​do mundo. Eles fornecem o suporte necessário para entreter e encantar os clientes, bem como promover comunidades felizes off-line e online. Ainda temos muito trabalho a fazer em termos de inclusão e aceitação. A polarização política e a cultura do cancelamento criam um ambiente menos acolhedor e seguro. Nossas diferenças são o que nos torna mais fortes e torna nossas comunidades melhores. Comunidades online podem liderar o caminho em um ambiente saudável, onde pessoas com origens e visões políticas diversas podem expressar e compartilhar suas diferentes opiniões e ainda assim se sentirem bem-vindas.

M&M – Quais processos de inovação auxiliam no desenvolvimento de produtos?
Orkut – A inovação vem tanto da ideação racional quanto da imaginação. É muito importante entender o público do produto, suas necessidades físicas e emocionais. Assim que conhecemos o público, passamos para o design e a implementação. Precisamos observar como os consumidores se envolvem com o produto e coletar feedback quantitativo e qualitativo. Frequentemente, as empresas iteram e até reformulam antes de criar o produto final que agrega valor. Ter a ideia certa não é suficiente. As etapas para projetar, implementar, refinar e executar a ideia são tão importantes quanto.

M&M – Como as empresas Hello Network expressam esses conceitos?
Orkut – Projetamos toda a experiência do Hello em torno das comunidades. O que temos em comum é a maneira mais fácil de nos relacionarmos e nos conectarmos com as pessoas. Com o Hello, tornamos muito fácil criar e ingressar em comunidades sem medo de julgamento ou represália. Diversas empresas fazem um trabalho melhor pensando fora da caixa e são mais inovadoras. Empresas como Google, Apple ou Alibaba, por exemplo, promovem a diversidade ao contratar pessoas de diferentes gêneros, raças, idades, orientações sexuais, religiões e educação. Fazemos a mesma coisa em Hello. Porque, para mim, a diversidade é o motor da invenção. É o que gera essa criatividade empolgante que enriquece o mundo.

M&M – Quais tendências e tecnologias devem transformar a realidade das comunidades nos próximos anos?
Orkut –
Imagino um futuro onde as comunidades conectem autenticamente as pessoas em todas as facetas de nossas vidas. Não será apenas online, mas em locais físicos que reúnem as pessoas – um bar, café, conferência ou sua academia. Encontraremos pessoas que compartilham nossos interesses, têm os mesmos hobbies, que adoram ir a restaurantes semelhantes, ler o mesmo tipo de livros ou assistir o gênero de filmes que amamos. Encontraremos outras pessoas que enfrentam os mesmos desafios que nós e estão lá para nos ajudar. E quando nos mudarmos para uma nova cidade ou começarmos um novo trabalho, será uma transição mais fácil, pois já conheceremos alguém, que tornará o novo lugar um pouco menos solitário. Espero que a tecnologia proporcione um futuro mais amável, amigável e que construa um mundo melhor.

*Crédito da foto no topo: Gremlin/Getty Images

Compartilhe

Publicidade