Meio & Mensagem

A importância de fomentar metadados nas mídias sociais

Buscar
Publicidade

Notícias

A importância de fomentar metadados nas mídias sociais

Para André Loureiro, diretor-executivo do Pinterest para a América Latina, a conectividade permite que as marcas entendam os seus consumidores

Victória Navarro
20 de janeiro de 2022 - 6h00

No Pinterest, os anunciantes podem combinar anúncios de coleções com vídeos e selecionar experiências de compras imersivas para apresentar suas marcas e produtos de forma envolvente. Além disso, a empresa, recentemente, expandiu o Programa de Lojas Verificadas para mais países, como Espanha, Itália, Áustria, Suíça, Brasil e México, ampliando o mercado de comerciantes e produtos que inspiram as pessoas. Essas foram algumas das atualizações que mantêm os mais de 400 milhões de usuários mensais da rede social comprando. André Loureiro, diretor-executivo do Pinterest para a América Latina, explica que grande parte da jornada de compra está conectada de forma completa ou, pelo menos, parcial, via além do que acontece apenas no digital. Segundo o profissional, essa conectividade contínua permite com que as empresas construam uma capacidade gigantesca de entender os seus consumidores e, ao mesmo tempo, demanda que tenham capacidade de processar toda essa informação de maneira inteligível. Ao Meio & Mensagem, Loureiro ainda aborda de qual forma o caminho das marcas em direção a transformação digital tem incluído, cada vez mais, anunciantes em tecnologias como big data e inteligência artificial e como as martechs podem contribuir com o trabalho em mídias sociais.

 

André Loureiro, diretor-executivo do Pinterest para a América Latina

Meio & Mensagem – Como a tecnologia e os dados ajudam a acompanhar a jornada de compra dos usuários no digital?
André Loureiro – Grande parte da jornada de compra está conectada de forma completa ou, pelo menos, parcial, via além do que acontece apenas no digital. É certo que, em algum momento, o consumidor se conectará. Isso pode acontecer no início, em um momento de inspiração em que o consumidor descobre aquele produto no Pinterest ou, até mesmo, em compras na loja física, via navegação do GPS para loja ou em pagamento por wallet. Essa conectividade contínua permite com que as empresas construam uma capacidade gigantesca de entender os seus consumidores e, ao mesmo tempo, demanda que elas tenham capacidade de processar toda essa informação de maneira inteligível. No meu ponto de vista, o diferencial está em transformar essa inteligência em valor para os próprios clientes e, consequentemente, seus negócios.

M&M – De qual forma o caminho das marcas em direção a transformação digital tem incluído, cada vez mais, anunciantes em tecnologias como big data e inteligência artificial?
Loureiro – Construir a capacidade de processamento virou uma questão estratégica para as empresas responderem efetivamente ao nível de informação que todos os seus pontos de contato com os consumidores geram. Para isso, toda ferramenta que permita o gerenciamento de dados em escala é fundamental. Um dos nossos focos principais é continuar fazendo do Pinterest uma referência em tecnologia de recomendação e visão por computador, realidade aumentada e inteligência artificial, assim como a de busca visual. Nossas ferramentas de IA podem ajudar os compradores a encontrar o que desejam comprar e permite que varejistas de todos os tamanhos sejam descobertos. No ano passado, lançamos a função Try On, com a tecnologia de Busca via câmera do Pinterest. Com essa ferramenta, basta abrir a câmera do Pinterest e clicar em Try On para encontrar os diferentes tons de pele. Ainda não está disponível no Brasil, mas a expansão internacional está entre os nossos planos.

M&M – As redes sociais ganharam ainda mais protagonismo nas estratégias de marketing. Como vê esse movimento dentro do Pinterest?
Loureiro – As pessoas vão ao Pinterest para fazer descobertas — para seu guarda-roupa, para sua nova casa e para as próximas férias. As marcas e os anunciantes querem ser descobertos e estar presentes nesses momentos. Por isso, há um alinhamento natural. O Pinterest é uma das raras plataformas nas quais as marcas podem, realmente, se engajar com novos clientes. As pessoas entram na plataforma em busca de produtos e serviços para planejar seus futuros e construir suas vidas, e não tem um propósito que encaixe melhor numa estratégia de marketing do que isso.

M&M – Qual é a importância de fomentar metadados precisos e transparência dentro das mídias sociais?
Loureiro – Temos uma grande quantidade de dados devido à intenção e ao caso de uso por trás da experiência dos usuários, que vêm para salvar ideias e planejar. Trabalhamos, continuamente, para desenvolver ferramentas de machine learning, que permitam construir recomendações cada vez mais sofisticadas, de maneira anonimizada. Acreditamos no uso seguro e responsável dos dados. Investimos muito para que o Pinterest continue sendo essa plataforma que as pessoas confiam e se sentem positivas a respeito.

M&M – Como as martechs podem contribuir com o trabalho em mídias sociais? Por quê?
Loureiro – No Pinterest, somos mais do que uma plataforma, somos um ecossistema. Contamos com integrações de milhares de e-commerces, ferramentas avançadas de mensuração, criativos, entre outros. Milhares de pequenas e médias empresas também contam com o Pinterest como uma plataforma para ativações em todas as partes do funil. Juntos, conectamos marcas e pessoas em uma jornada muito única de inspiração, descobertas e ação, e os anunciantes entendem o valor.

M&M – Recentemente, o Pinterest divulgou novos recursos de compras. Como se manter atualizado diante das atualizações das mídias sociais?
Loureiro – Nossa visão para as compras dentro do Pinterest é possibilitar a compra de qualquer coisa que você vê na rede social ou obter recomendações personalizadas para algo parecido a isso que você viu e gostou. E, todos nossos avanços no desenvolvimento do produto estão focados em fazer essa experiência de compra toda mais simples e satisfatória para os usuários e para as marcas. Uma experiência de compra positiva começa com comerciantes confiáveis e produtos relevantes. As pessoas que usam o Pinterest têm sete vezes mais probabilidade de comprar os produtos que salvaram. Por isso, é essencial ajudar os comerciantes a levar seus produtos para o Pinterest e dar aos compradores a possibilidade de descobrir algo personalizado e inesperado de marcas de confiança. Nossas atualizações de compras também estão ajudando as marcas a inspirar mais vendas, criando uma experiência atraente que incentiva as pessoas a pesquisar suas compras e não apenas comprar. Nosso trabalho no futuro vai continuar nessa linha, manter nosso produto atualizado para tornar todos os Pins fáceis de comprar.

*Crédito da foto no topo: RawPixel/Pexels

Publicidade

Compartilhe

Veja também