Proxxima
Meio & Mensagem

A importância do ano 2020 para o digital

Buscar

Opinião

Publicidade

A importância do ano 2020 para o digital

2020 acelerou grande parte das atualizações e comportamentos previstos, antecipando decisões importantes e exigindo flexibilidade para todos os nossos negócios e indústrias

13 de janeiro de 2021 - 8h00

Cris Camargo (Crédito: Divulgação)

Para este artigo de início de ano, especialmente após um ciclo tão difícil e conturbado como 2020, gostaria de falar do lado bom: porque sim, para o mercado de digital, o ano que passou foi de muitos avanços importantes!

O que teria sido de nossas vidas em 2020 se não tivéssemos o digital? O quanto nossas vidas foram praticamente inteiras transportadas para o mundo online: desde relações até atividades do dia a dia? É algo grandioso a se refletir.

Durante a pandemia, 86% dos brasileiros conectados à internet realizaram compras, segundo o relatório “Setores do E-commerce no Brasil”, realizado pela Conversion. Também segundo a pesquisa “The Streaming Guide 2020” da Kantar, durante a pandemia, 73% dos usuários de internet afirmaram que aumentaram o consumo de streaming de vídeo, seja pago ou gratuito.

Já a pesquisa “Hábitos de Consumo Digital Durante a Pandemia” da Nielsen Media, aponta que 98% dos internautas brasileiros se conectam à internet diariamente. Os podcasts também se consolidaram ainda mais neste ano. De acordo com o Spotify, houve aumento de 200% de consumo deste formato no terceiro trimestre de 2020.

Todos estes números são oportunidades enormes e nunca antes presenciadas para o mercado da publicidade digital.

Estes dados e a nossa “nova” rotina evidenciam a importância do papel do digital na vida de todos. Além disso, o ano de 2020 também foi marcado por importantes decisões e discussões para o mercado e que ajudaram na evolução e aprimoramento dele. Um ano que não teve precedentes na quantidade de questões sobre como organizar, regular ou autorregular a publicidade.

Qual a relação da publicidade e a sustentabilidade das fake news? Qual a responsabilidade das plataformas sobre os conteúdos publicados? Qual o mundo ideal e o equilíbrio entre personalização e privacidade de dados? Quais são as leis e regras ideais para veículos produtores de conteúdo e plataformas? Quais são os impostos mais adequados para todas as empresas que operam tecnologias e plataformas globais?

Muitas destas dúvidas passam por questões amplas, por exemplo, como organizar uma sociedade em uma rede tão complexa. Mas muitas questões são geradas pela insegurança, pelos impactos negativos gerados em formas de trabalho que provavelmente desaparecerão e desinformação de como tudo isto funciona. Alguns destes debates estão apenas começando e outros tantos ainda devem surgir.

O ano de 2020 foi definitivamente digital, mudanças que levariam décadas para acontecer, foram implementadas em questão de meses, acelerando grande parte das atualizações e comportamentos previstos, antecipando decisões importantes e exigindo flexibilidade para todos os nossos negócios e indústrias. Contra o pano de fundo desta pandemia e os desafios indiscutíveis para as comunidades e a economia, devemos nos lembrar o outro lado que 2020 nos apresentou: de adaptações e oportunidades diante deste novo cenário.

Termino reforçando a importância que o digital e a tecnologia tiveram e têm em nossas vidas e para o mercado como um todo, especialmente no ano de 2020, e dizer que estamos ansiosos para descobrir tudo o que está por vir em 2021!

*Cris Camargo é CEO do IAB Brasil

Compartilhe

Publicidade