Proxxima
Meio & Mensagem

Gamers preparem seu arsenal

Buscar

Opinião

Publicidade

Gamers preparem seu arsenal

Uma verdadeira revolução tecnológica está chegando ao Brasil

16 de agosto de 2021 - 6h09

(crédito: KOKTARO/shutterstock)

Uma verdadeira revolução tecnológica vem aí. Os jogos na nuvem já são uma realidade na Europa, Estados Unidos e Canadá, e devem chegar ainda este ano no Brasil, prometeu Phil Spencer, chefe da divisão Xbox e Vice-Presidente da divisão de jogos da Microsoft.

Assim como Netflix é referência em streaming de filmes e Spotify de música, a Microsoft acaba de lançar o Xbox Cloud Gaming saindo na frente no streaming de games. O serviço está disponível em 22 países, a maioria na Europa, e deve chegar ao Brasil até o fim de 2021.

Uma ótima notícia para os gamers, que no futuro não precisarão mais investir em consoles e PCs parrudos — eles custam uma fortuna por aqui — e poderão jogar os títulos da Microsoft e EA na nuvem.

Na prática, significa que não importa que dispositivo você tenha, ou onde você esteja, os jogos para Xbox poderão ser acessados na nuvem por qualquer PC, notebook, tablet ou celular, basta que eles estejam conectados à internet.

A nova tecnologia desenvolvida pela Microsoft elimina a necessidade de baixar os jogos, como acontece no Apple Arcade. O jogo é disputado no datacenter e o aparelho apenas manda os comandos do jogador e recebe a imagem do jogo.

Portanto, nada de investir em PC gamer viu? Seu PC de trabalho ou aquele notebook simplesinho que você herdou do seu pai quando ele trocou o dele servirão para jogar.

A nuvem pode ser acessada de computadores com Windows 10, macOS e dispositivos iOS/iPadOS (iPhones e iPads), via navegadores web.

No Brasil, os testers estão usando celulares Android a partir do 6.0 superior, enquanto lá fora a Microsoft está testando um aplicativo específico para PC.

Para ter acesso ao serviço é necessária assinatura do Xbox Game Pass Ultimate e uma boa conexão de internet de no mínimo 2,4 GZ a 25 MBPs — o que já é comum para muitos brasileiros. A boa qualidade da conexão de internet é importante para que que não haja delay. Com a entrada do 5G vai ficar ainda melhor.

Eu vi os testes rodarem o Destiny em 60 FPS em HD a partir de um celular Android, na tela de um PC. Nesse momento, os servidores ainda são no exterior, mas o atraso nos comandos é quase zero, e quando o serviço for lançado aqui, não existirá mais esse atraso e a experiência será fluída como hoje acontece nos videogames.

Enquanto esperamos, o streaming vai se consolidando na Europa. No fim de Julho, os gamers da Espanha que usam a operadora Movistar (a Vivo de lá), passaram a ter acesso ao Xbox Game Pass através da sua conta de celular ou de banda larga. A Gameloft, empresa francesa de jogos mobile, também está atuando nesse mercado desde o ano passado.

Pioneiro, o projeto que uniu essas duas empresas gigantes Microsoft e Telefónica na Espanha foi coordenado por um brasileiro. Roberto Rodrigues, Gerente Global de Parcerias Estratégicas – Gaming da Telefónica, está em Madri há um ano e nove meses. Ele me contou que ser um gamer pesou no processo seletivo dele para a posição, ele até fez um currículo gamer para apresentar ao lado do currículo “profissional”. Legal né?

Antes dessa iniciativa da Telefónica, em outubro de 2020, como parte do lançamento da rede móvel 5G da POST em Luxemburgo, a POST Telecom firmou uma parceria estratégica em cloud gaming. Junto com a plataforma francesa de jogos online Gameloft Stream by Blacknut passou a oferecer 400 jogos, entre eles sucessos como Asphalt9: Legends e Minions Rush. O anúncio dizia: jogue os melhores jogos de PC e consoles no seu smartphone em qualquer lugar, a qualquer hora com a melhor qualidade possível!

A POST se tornou a primeira operadora móvel a oferecer uma oferta de jogos em nuvem 5G em Luxemburgo e a primeira operadora na Europa a integrá-la em suas ofertas móveis 5G. Dois meses mais tarde, a mesma plataforma conquistou a Tailândia e atualmente já está fornecendo serviços de jogos em nuvem para a TIM na Itália, Swisscom na Suíça e Partner TV Gaming em Israel.

Mas será que esse serviço vai funcionar no Brasil? Leandro Montoya, executivo na Gameloft que trabalha na distribuição de games há mais de 10 anos, me disse que sim. Segundo ele, o Brasil tem mais de 250 milhões de celulares, qualquer usuário conectado à rede 5G, mesmo com um celular muito simples, vai jogar com muita qualidade. Há mais de 20 anos a Gameloft é parceira das Telcos para distribuição de jogos em todo o mundo e a evolução para o cloud gaming é passo natural, na opinião dele, e a combinação 5G + cloud gaming traz uma capilaridade sem precedentes.

As duas empresas, Microsoft e Gameloft, estão no Brasil. Então gamers preparem seu arsenal porque a revolução está chegando!

Compartilhe

Publicidade