Proxxima
Meio & Mensagem

O que as martechs proporcionarão ao marketing no futuro?

Buscar

Notícias

Publicidade

O que as martechs proporcionarão ao marketing no futuro?

Robson Del Fiol, sócio, líder de Emerging Giants e digital marketing strategist da KPMG no Brasil, fala sobre transformação digital e tendências

Victória Navarro
7 de dezembro de 2020 - 8h00

 

Robson Del Fiol, sócio, líder de Emerging Giants e digital marketing strategist da KPMG no Brasil (crédito: divulgação)

As martechs assumirão, cada vez mais, um papel importante na promoção de engajamento das marcas. De olho nisso, a empresa de prestação de serviços profissionais KPMG conta com um time de consultoria focado em auxiliar veículos, agência e startups do setor de mídia e entretenimento, por meio de estudos. Entre suas iniciativas, está o apoio ao ecossistema de martechs. Ao ProXXIma, o sócio e digital marketing strategist da companhia, bem como profissional à frente do desenvolvimento de estratégias go-to-market capazes de aproximar empresas inovadoras da KPMG via área de emerging giants, Robson Del Fiol fala sobre o impacto das martechs no futuro do marketing, transformação digital e tendências.

Martechs e o futuro do marketing
Com a chegada da internet, redes sociais e demais tecnologias, os consumidores hiperconectados em diversas plataformas estão, cada vez mais, difíceis de serem engajados e influenciados. Neste contexto, as martechs são peça fundamental por permitir aos anunciantes a capacidade de encontrar, entender e engajar os consumidores, de forma mais efetiva e com melhores retornos sobre o investimento. Vai parecer meio clichê, mas, no fundo, tudo se resume à dados. Ao tratar os dados e entender os comportamentos, as martechs ajudam a aumentar a relevância, conveniência e experiência dos consumidores com as marcas. Acredito que as martechs estão promovendo algumas mudanças profundas no que se entende por mídia, e essas mudanças são muito mais visíveis nos modelos de negócios e na aplicação de tecnologia para engajar a audiência. Agora, é interessante analisar como a crise provocou mudanças nos hábitos de consumo de mídia.

Ao tratar os dados e entender os comportamentos, as martechs ajudam a aumentar a relevância, conveniência e experiência dos consumidores com as marcas

O protagonismo das martechs na transformação digital
Não penso que as martechs ou as fintechs estão protagonizando a transformação digital. Penso que existe um ambiente muito propício e que foi exacerbado, agora. Este ambiente de mudanças constantes, de muitas incertezas, cria a necessidade de transformações nos negócios. As marcas que saírem na frente e usarem tecnologia e dados terão um diferencial competitivo muito importante, mas vale ressaltar que nenhuma vantagem competitiva dura muito nos dias de hoje. É importante estar atento e se reinventando, porque as grandes transformações ainda estão acontecendo e tudo indica que continuarão acontecendo por muito tempo.

Este ambiente de mudanças constantes, de muitas incertezas, cria a necessidade de transformações nos negócios

As tendências em martechs
Entendo que muitas tendências já estão colocadas na prática, porque as empresas se adaptaram ou pereceram. E, a grande consequência disso é o salto das vendas, via meios eletrônicos e pagamentos digitais. Então, no meu entender, uma tendência que deve se consolidar é a saturação dos consumidores, por causa do volume excessivo de mídias que estão buscando sua atenção, e, sem dúvidas, uma inclusão de um contingente muito grande de novos consumidores nos meios digitais.

*Crédito da foto no topo: Vedanti/Pexels 

Compartilhe

Publicidade